SÍNDROME DE ESTOCOLMO: Campus V da UEPB presta ‘homenagem’ ao seu algoz Ricardo Coutinho, que em 8 anos cortou meio bilhão de reais da universidade

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

Por isso que eu sempre digo, o pior do Brasil é o brasileiro! Somos um povo de memória curta e sem vergonha na cara. Na última sexta-feira, 09, o ex-governador Ricardo Coutinho recebeu do campus V da UEPB, em João Pessoa, o ‘Troféu do Mérito Acadêmico’, uma honraria que não existe no estatuto da universidade e que não foi aprovada pelo Conselho Superior.

Ou seja, pura babação de ovo da coordenadora do Campus V da UEPB, professora Jaqueline Barrancos e dos demais conselheiros. Certamente todos eles sofrem da síndrome de Estocolmo; um estado psicológico particular em que uma pessoa, submetida a um tempo prolongado de intimidação, passa a ter simpatia e até mesmo sentimento de amor ou amizade perante o seu agressor.

É como se as universidades federais prestassem homenagem a Bolsonaro e o ministro da Educação Abraham Weintraub. Dá pra imaginar?

Só que é muito pior: o que Bolsonaro vem fazendo nas IF’s, Ricardo Coutinho já faz na Paraíba desde 2011; desrespeitou a lei da autonomia e cortou meio bilhão de reais em 8 anos. Foi o pior governador da história da UEPB, que passou quase uma década comendo o pão que o diabo amassou e não abriu um campus sequer durante a gestão “socialista”.

Inclusive, o campus em que a senhora Jaqueline Barrancos e os demais professores que tietaram seu algoz dão aula, só existe graças ao ex-governador Cássio Cunha Lima. Porque se dependesse de Ricardo Coutinho e seu corte de meio bilhão, a UEPB teria fechado alguns campi, como chegou a ser especulado durante a crise.

Ricardo é digno de moção de repúdio – não de honraria. Bem como todos os professores e alunos que foram aplaudir o seu algoz.

Repito, o pior do Brasil é o brasileiro.

O que a reitoria da UEPB tem a dizer sobre tamanha falta de vergonha do campus V?

Em 7 anos, Ricardo Coutinho já cortou meio bilhão de reais da UEPB e entra para a história como o pior governador para a universidade

 

TROFÉU ÓLEO DE PEROBA: O mesmo Ricardo Coutinho que critica os cortes de Bolsonaro nas universidades, também cortou meio bilhão da UEPB em oito anos

Comentar com Facebook

Comentários

Últimas notícias

Opinião

Mais lidas

Notícias relacionadas

Estela Bezerra, a (ainda) toda poderosa da Saúde

Estela Bezerra, a (ainda) toda poderosa da Saúde

Dizem que a deputada estadual Estela Bezerra tem mais de 5 mil empregos no governo do Estado, grande parte na…
VÍDEO: Julian Lemos, um bolsominion metrossexual, talquei?

VÍDEO: Julian Lemos, um bolsominion metrossexual, talquei?

Com muito humor o deputado federal Julian Lemos gravou um vídeo para rebater uma crítica feita por um leitor do…
Ricardo Coutinho, calhorda é quem contrata organização social irregular para roubar dinheiro da Saúde

Ricardo Coutinho, calhorda é quem contrata organização social irregular para roubar dinheiro da Saúde

A psicologia explica que a ‘projeção’ é um mecanismo de defesa, no qual, principalmente os nossos defeitos pessoais, sejam atribuídos…
pmjp2