Condenado por cobrança de propina no DF pode ser ministro de Bolsonaro

A bancada da bala quer que o deputado Alberto Fraga (DEM-DF), que perdeu a eleição para governador do Distrito Federal, tenha um cargo com status de ministro no Palácio do Planalto.

Bolsonaro é fiel aos amigos e gosta que eles estejam por perto. Ele e Fraga são companheiros de longa data na Câmara.

Condenação de Fraga

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal condenou, no dia de setembro, o deputado Alberto Fraga (DEM), por concussão – uso do cargo público para obter vantagem indevida. De acordo com a denúncia do Ministério Público, Fraga pediu e recebeu R$ 350 mil para firmar um contrato entre o governo do Distrito Federal e a cooperativa de ônibus Coopertran em 2008, quando era secretário de Transportes da gestão de José Roberto Arruda (PR).

O democrata foi condenado a 4 anos, 2 meses e 20 dias de prisão, em regime inicial semiaberto, além de 14 dias-multa. O Judiciário informou que a pena foi aumentada por conta do cargo público ocupado por ele.

Em nota, a assessoria de Fraga afirmou que a decisão como “uma ação totalmente política”. “Enquanto os processos demoram anos para serem julgados o de Fraga tramitou em apenas dois dias. É no mínimo estranho”, diz o texto.