Denunciado pelo GAECO, prefeito de Cabedelo tenta manobra na Câmara para não ser afastado

Na noite da última terça (07), o suplente de vereador Evilásio Cavalcanti Neto (MDB) apresentou a Proposta de Emenda a Lei Orgânica nº 001/2019, que trata de diversas alterações na lei mais importante de Cabedelo.

Dentre as modificações propostas a que chama mais atenção diz respeito à nova redação que se pretende dar ao inciso I do art. 69, que passará a admitir o afastamento das funções do prefeito, apenas no caso de recebimento de uma denuncia pelo Tribunal de Justiça por crime cometido no exercício da própria função de Prefeito.

A mudança estratégica protegeria o mandato do prefeito interino Vitor Hugo. A Polícia Federal acaba de indiciar o vereador e prefeito por participação em organização criminosa quando do exercício do mandado parlamentar e ele, antevendo a possibilidade de ser denunciado pelo GAECO e, após o recebimento da Denúncia pelo Tribunal de Justiça da Paraíba, passar a condição de réu, tenta preservar o mandato recém obtido.

O autor da proposta é o suplente de vereador da linha sucessória de Vitor Hugo e que também foi relator do processo de cassação de diretos políticos do ex-prefeito Leto Viana.

 

Polêmica Paraíba

O poder de Corujinha

Discreto e pouco afeito aos holofotes, o presidente da CMJP, João Corujinha, alcançou um poder até então inimaginável para um candidato a vereador que muitas vezes batia na trave nas eleições municipais. Não por falta de merecimento nem quantidade de voto, mas por conta das injustas regras eleitorais.

Talvez Corujinha nunca imaginou chegar no topo do parlamento, mas agora vai precisar de sabedoria, cautela e jogo de cintura para administrar os embates políticos envolvendo o vazamento de áudios de secretários da PMJP.

Corujinha sabe o poder que tem.

Câmara Municipal de JP lidera Fórum para incentivar startups na Capital

O presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, Vereador Marcos Vinicius (PSDB), confirmou nesta quinta-feira (08) ter aceitado convite da Comissão Provisória do CEEI- Centro de Estudos de Excelência, Inovação e Negócios – Professor Lynaldo Cavalcanti de Albuquerque, para liderar Fórum NORDESTE sobre a vocação dos Centros históricos como ambiente da Inovação, Cultura e Turismo no Mundo, já com a presença confirmada do Executivo Rui Coelho, presidente do INVESTLISBOA e apontado como responsável pelo boom da economia na capital portuguesa, através de startups. O evento será no dia 12 de abril (quinta-feira), no Auditório Ariano Suassuna.

“A Câmara Municipal de João Pessoa assume esta responsabilidade por entender o seu papel de fomentar o desenvolvimento social através do incentivo ao empreendedorismo tecnológico e aos pequenos negócios na área de inovação e desta forma acreditamos estar no caminho certo”, disse Marcos.

Marcos disse ainda que, a pedido do Centro de Estudos Lynaldo Cavalcanti, vai se incorporar às articulações para viabilizar a vinda ainda do Ministro da Cultura, Sá Leitão, e do presidente do BNDES, Paulo Rabelo, para tratar de novos investimentos em Economia Criativa e Centros Históricos.

Vale ressaltar ainda que na semana passada, a CODATA confirmou a implantação de fibras óticas nas áreas a serem indicadas do Novo Polo de inovação, Cultura e Turismo no Centro Histórico.