VÍDEO: Descontrolado, Julian Lemos dá cabeçada em deputado dentro do plenário e poderá ser cassado

O deputado Julian Lemos, do PSL da Paraíba, deu uma cabeçada no deputado Expedito Netto, do PSD de Rondônia, ontem no plenário da Câmara.

Lemos foi o coordenador da campanha de Jair Bolsonaro no Nordeste. Netto afirmou à coluna que denunciará Lemos ao Conselho de Ética da Casa, que pode recomendar a cassação do mandato parlamentar.

“Se a moda de agressão no plenário pega, estamos perdidos”, disse.

A confusão começou quando Lemos deu um empurrão no deputado Edmilson Rodrigues, do PSOL do Pará. Netto foi repreender Lemos e levou uma cabeçada.

Veja o vídeo:

No ano passado, reportagem da Folha já trazia alguns fatos sobre o comportamento violento de Julian Lemos:

Coordenador de Bolsonaro na Paraíba é acusado de agressão contra mulheres

VÍDEO: Cabo Gilberto critica agressões à imprensa e diz que PSB é o partido mais corrupto da Paraíba

O deputado estadual Cabo Gilberto se solidarizou nesta quinta, 16, com os profissionais da imprensa que estão sendo vítimas de agressão por cobrir fatos sobre a Operação Calvário e a corrupção nos governos de Ricardo Coutinho:

 

Virgolino manda indireta para RC: “O lema das eleições de 2020 vai ser polícia X ladrão, e eu serei a polícia”

Em contato com o blog, o deputado estadual e pré-candidato a prefeito de João Pessoa, Wallber Virgolino, antecipou o mote da eleição de prefeito: “O lema das eleições de 2020 vai ser polícia X ladrão, e eu serei a polícia”.

Segundo Virgolino, o ex-governador Ricardo Coutinho é o chefe da ORCRIM girassol. Na semana passada, Wallber foi curto e grosso, dizendo que ele era polícia, e Ricardo Coutinho o ladrão.

Segundo delegado, Ricardo Coutinho é o chefe da ORCRIM girassol

“Ricardo Coutinho é o Sérgio Cabral da Paraíba”, acusa deputado

Segundo o deputado estadual Tovar Correio Lima, Ricardo Coutinho é o Sérgio Cabral da Paraíba. A declaração foi dada durante a convenção estadual do PSDB, no último domingo, 05.

Ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral assaltou o Estado e já é considerado o maior corrupto do Brasil, tendo desviado quase R$ 1 bilhão.

ORCRIM GIRASSOL: Deputado Federal diz que Livânia Farias cobrou “pedágio” de R$ 10 mil a dono de posto de combustíveis

De acordo com o deputado federal Julian Lemos, a quadrilha que saqueava o estado da Paraíba nos governos de Ricardo Coutinho cobrava “pedágio” em tudo. O parlamentar relatou nas redes sociais um caso informado pela própria vítima da ORCRIM girassol:

“Eu recebi uma informação pessoalmente de um empresário que tinha um posto de gasolina no interior. Lá eram abastecidos dois carros da polícia apenas, e de repente esse convênio acabou. Quando ele veio ao estado da Paraíba a ex-secretária pediu R$ 10 mil para reativar o contrato”, disse Julian.

Será que Livânia Farias também delatou ao GAECO o esquema da ORCRIM girassol envolvendo os milhões de reais gastos anualmente com postos de combustíveis?

Wallber Virgulino investiga participação de empresas ligadas ao bicheiro Carlinhos Cachoeira em contratos nos governos de Ricardo Coutinho

Em contato com o Polítika, o deputado estadual Wallber Virgulino afirmou que está investigando a participação de empresas ligadas a Carlinhos Cachoeira na locação de veículos ao Estado na duas gestões de Ricardo Coutinho.

Virgulino disse que recebeu informações e, caso possuam fundamento, vai acionar o Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado.

O bicheiro Carlinhos Cachoeira cumpre pena em Goiás por corrupção e fraude em uma licitação da Loteria do Estado do Rio de Janeiro (Loterj). Em 2012, ele foi condenado a 8 anos de prisão pelos crimes.

Parece que o Calvário de Ricardo Coutinho está apenas começando…

VÍDEO: 4 anos após quebrar urna de votação na ALPB, Tião Gomes é eleito presidente do Conselho de “Ética e Decoro”

Parece piada, mas o novo presidente do Conselho de Ética da Assembleia Legislativa não tem lá muita ética. Em 2015, Tião Gomes quebrou o sistema de votação no dia da eleição para presidente da Casa:

Antes da votação que elegeu Adriano Galdino, agora em 2019, Tião deu uma declaração polêmica: “Eu sou terrorista, sou guerreiro, eu nasci em Pombal, mas deveria ter nascido no Líbano, ninguém manda nos meus pensamentos. ”

E ao ser perguntado se quebraria a urna novamente, o deputado respondeu: Se tiver eu quebro!

O Conselho de Ética está em boas mãos…

Deputado critica rede de espionagem e grampos clandestinos na PB

O vice-líder da oposição na Assembleia, deputado Eduardo Carneiro (PRTB), denunciou uma rede de escutas clandestinas com o intuito de tentar intimidar autoridades no estado. Segundo ele, os indícios apontam que as gravações seriam editadas para confundir a opinião pública.

Eduardo chamou a atenção para o fato de as gravações só virem à tona após a deflagração da Operação Calvário pelo Ministério Público, que investiga um desvio milionário na saúde do estado por meio da Cruz Vermelha. O parlamentar destacou que a nova modalidade consiste em uma fraude e deve ser combatida pelas autoridades policiais.

Recentemente, secretários municipais de João Pessoa e até o próprio prefeito Luciano Cartaxo foram vítimas de gravações clandestinas que vieram à tona em alguns veículos de comunicação. “Nunca houve isso na Paraíba, agora se fala em celulares suspeitos de grampos, escutas e até um sofisticado equipamento israelense gravando autoridades do executivo, legislativo e judiciário clandestinamente”, comentou.

Eduardo disse apoiar e incentivar o trabalho feito pelas operações autorizadas pela Justiça, a exemplo das realizadas pela Polícia Federal, Polícia Civil ou Ministério Público, e repudiou essa clara tentativa de intimidação de ‘arapongas’ com gravações fraudulentas.

“Isso é inadmissível. Recordo-me que na campanha ao Governo de São Paulo, o então candidato João Doria foi vítima de vídeos fraudulentos e montados que tentaram atingir sua honra. Aqui na Paraíba as suspeitas são que está ocorrendo pior ainda: os alvos são autoridades constituídas de todos os níveis. Há alguns dias distribuíram áudios fraudulentos através de e-mails e aplicativos de mensagens, que mais tarde foram publicados por alguns veículos de comunicação no estado”, disse.

Eduardo questionou quem estaria por trás desse esquema e qual seria o objetivo dessas gravações. “Quem está por trás disso? A Paraíba quer saber quem comanda a rede de grampos no estado”, afirmou

O deputado disse que vai acionar o Ministério Público para que apure em toda sua extensão esses indícios de fraudes e ilícitos. “Vamos acionar o guardião da lei para conhecermos quem está comandando essas tentativas de intimidação e cobrar punição aos culpados”, arrematou.

Assessoria

Deputados Genival Matias e Tião Gomes se reúnem com cúpula nacional do Avante para planejar eleições 2020

O vice-presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba ( ALPB), o deputado estadual Genival Matias, que preside do Avante no estado, se reuniu em Brasília com o presidente nacional do Avante, o deputado federal Luís Tibé. O deputado estadual Tião Gomes também participou o encontro.

Segundo Genival Matias, o encontro teve como foco discutir as eleições municipais de 2020 e as possibilidades de alianças do Avante com outros partidos na disputa eleitoral.

“Foi uma conversa muito proveitosa e importante onde discutimos o rumo do partido nas eleições de 2020. Iremos lançar candidaturas de prefeitos, vices e vereadores nas maiores cidades da Paraíba, trabalhando em parceria com a direção nacional que reconhece o forte crescimento do Avante na Paraíba”, explicou Genival Matias.

O presidente adiantou que o partido está se estruturando para receber novos filiados e nas próximas eleições lançar candidaturas em, pelo menos, 150 municípios paraibanos.

Genival Matias disse que a legenda vai buscar novos nomes para as disputas municipais. Segundo ele, existe um sentimento na população por mudança, mas não apenas de nomes e sim de realidades e pensamentos. “Os paraibanos não querem mais ver em disputas nomes familiares ou de caciques. Eles esperam novos nomes e que tragam a esperança de fazer uma política diferente, mais comprometida com as causas sociais e é isso que estamos buscando”, avaliou.

Deputado critica postura de João Poste Azevedo: “Quem manda nele é Ricardo Coutinho”

O deputado Walber Virgulino afirmou, em entrevista à Imprensa, nesta quarta (dia 20), que o governador João Azevedo é manobrado pelo ex Ricardo Coutinho. E se referiu muito especialmente ao caso dos auxiliares envolvidos em investigações pelo Gaeco (Ministério Público), no âmbito da Operação Calvário. Segundo o parlamentar, Azevedo está impedido de exonerá-los pelo ex-governador.

“João Azevedo é um homem de bem, mas, na qualidade de gestor do Executivo, já mostrou a que veio. Ele não tem autonomia para fazer nada. Quem manda nele é Ricardo Coutinho. Então ele não pode afastar ninguém, porque quem manda é Ricardo e isso é ruim pra ele, para o histórico de vida dele”, declarou o deputado do Patriotas.

E arrematou: “Ele tem que abrir os olhos para não passar de omisso à condição de conivente, cúmplice do maior escândalo que já ocorreu na Paraíba. Ele foi colocado lá para dirigir um projeto que não era dele, ele é o motorista desse projeto, ele não é o dono do carro. João vai terminar se dando mal.”

Helder Moura