VÍDEO: Cabo Gilberto acusa ex-governador Ricardo Coutinho de superfaturar compra de helicóptero que não funciona

O deputado estadual Cabo Gilberto Silva, do PSL, detonou o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) na manhã desta quarta-feira (08), durante sessão na Assembleia Legislativa. Ele disse que o governo de Coutinho superfaturou a compra de um helicóptero em quase R$ 2 milhões.

O parlamentar apresentou o contrato e mostrou que  a aeronave custou R$ 16,7 milhões, mas, segundo o deputado, o governo do Rio de Janeiro, comprou helicóptero similar por cerca de R$ 15 milhões: “Superfaturamento de quase R$ 2 milhões, inclusive, esse helicóptero (da Paraíba) foi comprado em março de 2018, mas só funcionou na campanha eleitoral (em outubro).”

O parlamentar disse que “o senhor Ricardo Coutinho, então governador, utilizou a máquina pública em favor de seus candidatos, João Azevedo e Fernando Haddad… Quando acabou o segundo turno, os helicópteros sumiram. O helicóptero está no hangar do governo, sem as hélices e sem o motor”, afirmou.

O deputado revelou ter feito uma investigação e descobriu que foi a ex-secretária Livânia Farias quem assinou a compra do helicóptero, e Leandro Nunes Azevedo, foi o responsável para fazer a fiscalização da compra. Ambos, como se sabe, foram presos na Operação Calvário, por desvio de recursos públicos: “Não tem dinheiro pra nada neste Estado, mas para corrupção tem dinheiro de sobra”.

E arrematou: “O ex-governador, o ditador Ricardo Coutinho prestou um desserviço aos cofres públicos e à sociedade paraibana, e ainda ataca a Imprensa, ataca os órgãos fiscalizadores, o Ministério Público, a Justiça e a própria Assembleia Legislativa, quando disse que os deputados valiam R$ 300 mil e eram como um pneu furado, ou seja, furou, trocou, e, agora, fica dando uma de bom moço, paladino da moral, mas a máscara de vossa excelência vai cair.” O deputado revelou que está encaminhando a denúncia ao Ministério Público.

CONTRATO DA COMPRA NO RJ

Veja um trecho do discurso: