As opções de Cartaxo para 2020

O prefeito Luciano Cartaxo está terminando o segundo mandato com uma notícia boa e outra ruim. A boa é que a gestão continua bem avaliada, sempre acima da média. A ruim é que ainda não há um nome forte para a sucessão em 2020.

Ter uma gestão bem avaliada é meio caminho andado para eleger um sucessor. Tivemos um exemplo da força da avaliação positiva com a eleição de João Azevedo para o governo do Estado. Um neófito em eleições que acabou vencendo no 1° turno. É claro que teve aquela ‘forcinha’ substancial da propina da Cruz Vermelha e todo o mecanismo da ORCRIM girassol, como descobriu o Ministério Público. E também contou com os inúmeros erros e a desunião da oposição.

Mas a avaliação do governo de Ricardo Coutinho – mesmo que manipulada pela propaganda e o ‘calaboca’ da grande mídia – foi determinante pra a eleição de João. Na lógica do eleitor, se o governo é bom, não há motivos para mudar.

A mesma lógica se repetiria na eleição municipal.

O nome de Diego Tavares, empresário, secretário municipal e suplente da senadora Daniella Ribeiro, era tido como certo para a sucessão do prefeito Luciano Cartaxo, mas foi chamuscado pelos áudios envolvendo Adalberto Fulgêncio. E entrar numa eleição com teto de vidro não é nada bom.

Além disso, a baixa popularidade de Diego Tavares seria um risco. Principalmente numa campanha de apenas 50 dias.

Dentro do partido de Cartaxo, há ainda o ex-vereador e secretário de Transparência Pública, Bira Pereira. Bira tem a seu favor um recall (lembrança no eleitorado) adquirido nos dois mandatos de vereador, o que lhe garante uma popularidade razoável para largar bem numa campanha curta. Também conta a favor do ex-vereador uma boa retórica para enfrentar os debates.

O perfil de Bira é outro ponto positivo. Mais ao centro e com baixa rejeição, tem a mesma trajetória dos últimos prefeitos da Capital, que começaram a carreira política nos movimentos estudantis e sociais. Mas para chegar competitivo em 2020, Bira precisaria assumir uma secretaria com mais visibilidade e projeção na grande mídia.

Ao lado de Nonato Bandeira, Roseana Meira e Ronaldo Guerra, Bira foi determinante no apoio de Luciano Agra a Cartaxo, em 2012. Talvez seja o momento do prefeito retribuir o gesto e lealdade de Bira desde então.

Helton René é outra boa opção. Há quase oitos anos a frente do PROCON-JP, o vereador licenciado tem conquistado muito popularidade na defesa do consumidor, sempre ocupando espaços na grande mídia, o que lhe garante um bom recall para começar uma campanha.

Helton tem forte presença nas redes sociais – sendo o vereador com mais seguidores no Instagram – e uma boa aceitação no público evangélico e jovem de João Pessoa. Também possui uma boa retórica para defender a gestão nos debates.

Fora do partido, Luciano Cartaxo pode optar por aliados como o deputado federal Ruy Carneiro e o estadual Wallber Virgolino.

Ruy Carneiro, que já disputou a prefeitura em 2004, e foi vice de Cássio em 2014, tem um bom recall em João Pessoa e sempre desempenhou um mandato acima da média, principalmente como deputado federal.

Ruy reconquistou seu mandato na eleição de 2018, sendo o segundo mais votado de João Pessoa com 6,05%.

Em 2016, antes de aderir à reeleição de Cartaxo, Ruy aparecia nas pesquisas em 2° lugar, fato que confirma seu favoritismo entre os aliados do prefeito. Ruy também foi secretário do Estado e tem experiência suficiente na administração pública para passar segurança aos eleitores.

Com 30 mil votos só em João Pessoa, Wallber foi o deputado estadual mais votado e conquistou 8,13% do eleitorado. É uma votação muito expressiva que faz do delegado um candidato competitivo para a sucessão municipal.

Virgolino tem se destacado muito nos embates contra o ex-governador Ricardo Coutinho e na defesa da Operação Calvário. Entretanto, bandeiras conservadoras do bolsonarismo podem prejudicá-lo numa disputa majoritária. Ainda mais agora com o fiasco e as inúmeras crises do governo Bolsonaro.

A atuação de Wallber nas redes sociais é impressionante e muitos seguidores já defendem seu nome para disputar a prefeitura. O deputado revelou ao blog que é candidato de qualquer jeito, com ou sem apoios.

Wallber também tem experiência na administração pública, pois foi secretário de Administração Penitenciária na Paraíba e Rio Grande do Norte. E tem como ponto positivo a imagem associado ao combate à corrupção.

Diante das opções, Cartaxo tem bons nomes para construir um sucessor, mas precisa agir desde já. Virar o ano sem ter um pré-candidato será um risco enorme e pode comprometer a sucessão.

Mais uma vez a sorte estará ao lado de Luciano Cartaxo, já que o ex-governador Ricardo Coutinho deverá chegar em 2020 com a ficha suja, seja pela Aije do Empreender, que tramita no TRE, ou pelas outras duas que aguardam julgamento no TSE. E ainda tem a Operação Calvário, que vai botar muito girassol na cadeia.

 

 

 

Com 70 mil seguidores, Helton René é o vereador mais popular do Instagram

Levantamento realizado pela imprensa mostra que o vereador licenciado Helton René, atualmente no PROCON-JP, é o parlamentar mais popular do Instagram. Helton tem presença marcante na defesa do consumidor e seu carisma também ajuda na conquista de novos seguidores.

Confira a lista completa:

  • Helton Renee – 70k
  • Eliza Virgínia – 19k
  • Tanilson Soares – 18,1k
  • Raissa Lacerda – 14,7k
  • Lucas de Brito – 14,5k
    Thiago Lucena – 12,4k
    Carlão pelo bem – 12,2k
    Bispo Zé Luís – 11,8k
    Léo Bezerra – 8.104
    Damasio Franca – 7.810
    Bosquinho – 7.658
    Marcos Vinícius – 6.763
    Sandra Marrocos – 6.667
    Marcos Henriques – 6.348
    Bruno Farias – 5.553
    Tiberio Limeira – 5.332
    Marmuthe Cavalcanti – 5.007
    Fernando Milanez – 4.800
    João Corujinha – 4.553
    João Almeida – 4.139
    Chico do Sindicato- 3.888
    Humberto Pontes – 3.053
    Helena Holanda – 2.824
    Mangueira – 2.598
    Dinho – 2.314
    João dos Santos – 1.184
    Professor Gabriel – 51

Helton René é sondado para disputar a prefeitura de João Pessoa

Informações que chegam ao blog revelam que alguns partidos convidaram Helton René para disputar a prefeitura de João Pessoa, em 2020. Vereador por dois mandatos, Helton desempenha um bom trabalho a frente do PROCON-JP, o que tem lhe garantido muita visibilidade na grande mídia e consequentemente um bom recall no eleitorado da Capital.

Durante entrevista esta semana na TV Master, Helton afirmou que o projeto prioritário é a reeleição na Câmara, mas se colocou como um soldado do grupo do prefeito Luciano Cartaxo para alçar voos maiores.

Ou seja, nem disse que sim, nem disse que não.

Está de portas abertas…

Aposta de renovação, vereador Helton Renê deve ser candidato a deputado estadual

A atual legislatura da ALPB é considerada uma das piores da história. Metade dos parlamentares sequer usam a tribuna, pois não sabem discursar ou não tem o que falar. A outra metade é a bancada lagartixa; balança a cabeça e concorda com tudo que o governo manda.

E a coisa piorou depois que bons quadros deixaram o parlamento para assumir prefeituras e secretarias, como Dinaldinho, Trócolli Júnior, Zé Aldemir, Lindolfo Pires, entre outros.

Apostando nesse sentimento de renovação, o vereador Helton Renê pensa em disputar uma cadeira na Assembleia. Seu nome tem ganhado força nos últimos dias e sua desenvoltura no parlamento mirim o credencia para a nova missão.

Vereador de segundo mandato, Helton tem pautado sua atuação na defesa dos direitos do consumidor, o que oferece uma pauta ampla e cotidiana. Como jurista e professor de direito do consumidor, atua há um bom tempo na área, e por muitos anos foi secretário do Procon-JP.

Helton acredita que a força das redes sociais e a crise ética e moral que o país passa, poderá contribuir com uma candidatura nova, sem padrinhos tradicionais e com pouco dinheiro pra fazer campanha.

Sangue novo na política estadual.

A Paraíba precisa.