Em entrevista, Ciro Gomes compara Bolsonaro a Hitler

Em recente entrevista ao Jornal O Estado de São Paulo, Ciro Gomes, atual pré-candidato a presidente pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT), disse que não se preocupa com  o espaço ocupado por Joaquim Barbosa (PSB) na chamada centro-esquerda. O que realmente preocupa Ciro é o combate ao que chama de “candidatura bolsoloide”, imposta por Jair Bolsonaro (PSC).

Ciro afirma que não se sente incomodado com pessoas como Joaquim Barbosa ou Marina Silva, mas confessa sentir forte repugna em relação à candidatura de Bolsonaro. Cita que  possui o dever de proteger a nação, o que não foi feito  na Alemanha no período nazista, comparando assim, Bolsonaro a Hitler.

Ciro Gomes revelou ter feito convite ao presidente da Coteminas, Josué Gomes, “Eu gostaria de escolher alguém da produção ligado ao sudeste brasileiro, Minas Gerais e São Paulo”.

Em relação a hipótese de uma chapa única com o PT, rumor que ganhou força na última semana, Ciro Gomes disse ser “possível e até desejável”, mas acha  improvável, analisando o momento em que se encontra a politica do partido.

Quem é Ciro Gomes

Ciro Ferreira Gomes é um político, advogado e professor universitário brasileiro, filiado ao PDT (Partido Democrático Trabalhista) onde atualmente é vice-presidente. Tendo ocupado também altos cargos políticos no país, como por exemplo: dois mandatos de deputado estadual pelo estado do no Ceará.

Já foi também Prefeito de Fortaleza, Governador do Ceará e Ministro da Fazenda do Governador Itamar Franco, durante a implantação do Plano Real. Foi também Ministro da Integração Nacional durante o projeto de mudança do rio São Francisco no mandato de Luiz Inácio Lula da Silva.

Em 1998 e em 2002, Ciro se candidatou à Presidência da República, nas duas  ocasiões pelo PPS.

Nas eleições de 2018, Ciro é visto como um dos nomes fortes da esquerda brasileira