O poder de Corujinha

Discreto e pouco afeito aos holofotes, o presidente da CMJP, João Corujinha, alcançou um poder até então inimaginável para um candidato a vereador que muitas vezes batia na trave nas eleições municipais. Não por falta de merecimento nem quantidade de voto, mas por conta das injustas regras eleitorais.

Talvez Corujinha nunca imaginou chegar no topo do parlamento, mas agora vai precisar de sabedoria, cautela e jogo de cintura para administrar os embates políticos envolvendo o vazamento de áudios de secretários da PMJP.

Corujinha sabe o poder que tem.