EDUCAÇÃO: Município de Monte Horebe inova mais uma vez e cria sistema próprio de monitoramento da aprendizagem

Mesmo com tantos problemas educacionais vivenciados no Brasil, no que se refere as avaliações externas, o município de Monte Horebe sai na frente e cria seu Sistema próprio de avaliação interna, denominado de SIMA – Sistema Interno de Monitoramento da Aprendizagem.

Com o título de Cidade Educadora, o município tem investido pesado na melhoria da qualidade da educação ofertada. O SIMA é somente mais uma das ações que visam especificamente acompanhar os alunos e contribuir para a melhoria da aprendizagem. As avaliações servem como base para que professores, coordenadores revejam suas práticas e busquem atender as necessidades educacionais dos alunos, planejando e reavaliado sua prática.

Outro ponto que merece destaque é que o SIMA servirá também de aquecimento para as avaliações externas a nível Estadual e Federal, com os Programas SOMA e o MAIS ALFABETIZAÇÃO.

As avaliações internas foram elaboradas tendo com parâmetro os descritores, que contém as habilidades  que são esperadas  dos alunos nas diferentes etapas da escolarização.

Inicialmente o SIMA foi aplicado com as turma dos anos iniciais do ensino fundamental  ( 1º ao 5 º ano), porem a projeto de ser expandido para a Educação Infantil e Ensino Fundamental (anos finais).

Assessoria

Contribuinte pode reduzir Imposto de Renda ajudando projetos sociais na cidade de Monte Horebe

O pequeno município de Monte Horebe, no Alto Sertão da Paraíba, está se tornando referência em gestão pública inovadora e inclusiva.

Com pouco mais de 4500 habitantes, a cidade que já é referência em investimentos nas áreas de educação e saúde, tem se destacado também em ações sociais com ênfase na cultura e no esporte. O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos oferece de oficinas de karatê, futebol, balé, teatro, dança de rua e diversas modalidades de instrumentos musicais como violão, teclado, violino e flauta doce, atendendo crianças, adolescentes e jovens.

O resultado tem sido uma significativa alta dos indicadores de educação do município, fazendo valer o slogam de cidade educadora.

Para dar mais ênfase ao trabalho, a Prefeitura lançou uma campanha estimulando os contribuintes do Imposto de
Renda do município de Monte Horebe para destinarem parte do seu tributo às ações sociais que beneficiam crianças e adolescentes, tendo assim descontos na declaração.

As doações devem ser realizadas diretamente para o Fundo Municipal da Criança e do Adolescente, podendo o doador escolher o projeto a ser beneficiado.

De acordo com o prefeito Marcos Eron, atualmente cerca de 400 crianças e adolescentes são beneficiadas por projetos sociais da Prefeitura de Monte Horebe através da Secretaria de Ação Social.

Qualquer pessoa ou empresa pode destinar recursos de seu Imposto de Renda para os projetos sociais. Para isso, o depósito deve ser feito junto ao Fundo da Infância e da Adolescência na modalidade de doação casada.

Se as doações forem realizadas dentro do ano de referência (até 31/12), a pessoa física pode descontar até 6% do IRPF devido na declaração (modelo completo) e a pessoa jurídica deduz até 1% do IRPJ devido no lucro real.

Como fazer

No programa da DIRPF, ficha “Doações Diretamente na Declaração – ECA”, clique no botão “Novo”, escolha o fundo “Municipal”, selecione a UF e o município de localização, bem como o projeto a ser beneficiado, e informe o valor a ser doado.

Em seguida, clique no botão “OK” para encerrar o preenchimento dos dados. Pague o DARF até a data limite (final de abril). Tire uma foto do DARF quitado e envie uma mensagem eletrônica anexando a foto/arquivo ao Conselho Municipal escolhido, informando qual entidade daquele município deseja que o valor seja creditado (esta etapa é importante para que o valor efetivamente chegue ao destino desejado).

Da redação com Jocivan Pinheiro

Monte Horebe dá exemplo em gestão pública e ultrapassa investimentos em educação

Enquanto muitos municípios sequer pagam a folha de pagamento, a pequenina Monte Horebe, de apenas 5 mil habitantes, localizada no Alto Sertão paraibano, vem se destacando em suas ações que visam beneficiar a população e atingir os índices estimados pelo Governo Federal.

Após o encerramento do exercício financeiro de 2018, a prefeitura não apenas conseguiu atingir os índices constitucionais, diferentemente de outras prefeituras localizadas na mesma região, mas conseguiu ultrapassar os gastos com educação, totalizando 25% da aplicação das receitas, FUNDEF (60% pagamento do magistério).

Atingindo 31,41% na educação, correspondente a uma despesa de 3.311.898,98 da receita de impostos do município. Em relação ao magistério, fundos oriundos do FUNDEF, houve aplicação de 100%, com uma suplementação de 60% dos recursos próprios do município.

Atualmente a cidade de Monte Horebe, que tem a frente o prefeito Marcos Heron (MDB), é referencia para os gestores dos mais de 200 municípios paraibanos no quesito aplicação de recursos, realização e implantação de serviços e atendimento digno à população local.

Polítika com Silvano Dias