VÍDEO: Caminhão da prefeitura de Bayeux é utilizado para fazer mudança do prefeito ex-presidiário Berg Lima

O vereador Adriano Martins denunciou o desvio de um caminhão que é destinado a entregar merendas, no município de Bayeux, sendo usado para carregar móveis e fazer uma mudança na residência da mãe  do prefeito de Bayeux, Berg Lima, neste domingo (17). Assista ao vídeo acima.

Ao se aproximar, os homens encarregados da mudança tentaram fechar as portas do caminhão, mas o vereador exigiu que fosse aberto para mostrar os móveis.

Em seguida, os encarregados afirmaram que se tratava de uma ação social destinada a crianças carentes, ao que o vereador retrucou que “isso é a desculpa que acharam”.

“E aí, Ministério Público, e aí? E agora? Qual é a providência?”, provoca o vereador.

No vídeo, é possível confirmar a placa e notar a marca de adesivo removido na porta do veículo.

“Eles acham que o povo de Bayeux é imbecil mesmo”, criticou o vereador.

ClickPB

Fabiano Lucena e Henrique Maroja tentam resgatar Parahyba como nome da Capital e retomar antiga bandeira do Estado

Uma campanha para resgatar o nome da Capital para Parahyba começa a criar corpo e forma após a iniciativa do ex-deputado estadual e atual secretário executivo de Meio Ambiente do Estado, Fabiano Lucena, nas redes sociais. A ideia foi abraçada por Henrique Maroja, pré-candidato a deputado estadual pelo PPS.

A mudança do nome de João Pessoa para Parahyba tem sido um debate cíclico nas últimas décadas, mas que nunca se efetivou. Fabiano e Maroja também defendem a retomada da antiga bandeira da Paraíba, que foi alterada após a morte de João Pessoa, com as cores representando sangue e luto, e o famoso “Nego”.

O resgate busca corrigir um erro histórico da classe política paraibana, que no calor de uma tragédia resolveu mudar o nome de uma cidade para homenagear um político; um gesto personalista que não combina com governos republicanos. Vamos imaginar uma eventual tragédia com Ricardo Coutinho, José Maranhão ou Cássio Cunha Lima. Seria justo mudar o nome da Capital para homenageá-los? Certamente, não!

De acordo com Henrique, a luta pela volta da bandeira e mudança do nome da capital paraibana, para Parahyba, não é pessoal nem contra o grande e importante governador João Pessoa.

“Reconhecemos sua contribuição e importância na história, mas nenhum homem, por melhor que tenha sido, pode ser maior que o próprio estuário do Parahyba, esse sim foi e ainda é responsável pretérito sobre a nascimento e desenvolvimento de nosso estado!”, explicou Henrique Maroja.

“Henrique é um tipo de idealista consciente que faz parte de uma engrenagem maior e quer contribuir. Sua entrega à política é verdadeira. Temos que garantir espaço para os idealistas. Ele quer resgatar o nome da capital, Parahyba”, afirmou Fabiano Lucena, que também declarou apoio à pré-candidatura de Henrique Maroja.

“Receber o apoio e torcida de um grande idealista como Fabiano Lucena, é uma grande honra e nos torna ainda mais conscientes do tamanho de nossa responsabilidade. Fabiano foi o secretário de esporte que criou o bolsa atleta, e hoje é o secretário de meio ambiente que está fazendo o melhor trabalho nessa área de todos os tempos: preservação de nossos corais e ilhas, criação do Parque das Trilhas na Capital paraibana, suporte e apoio à criação do Parque Nacional da Serra de Teixeira, entre outras tantas ações dirigidas por ele e que a Paraíba agradece pelo espírito público com viés sustentável e responsável com as próximas gerações”, disse Maroja.