Pesquisa revela que 79% dos internautas acreditam no envolvimento do ex-governador Ricardo Coutinho na Operação Calvário

A aparente imagem de austeridade, seriedade, gestor e político diferenciado tão ostentada pelo ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) ao longo de sua trajetória na vida pública está ruindo desde a eclosão da operação desencadeada com o objetivo de desarticular uma organização criminosa que drenou recursos para corrupção a partir de contratos fraudulentos entre Governo do Estado e Organizações Sociais, a exemplo da Cruz Vermelha gaúcha, que administra o Hospital de Trauma da Capital desde 2011, e que, inclusive, já colocou atrás das grades a ex-secretária Livânia Farias, considerada uma das principais auxiliares das gestões do PSB desde os tempos de Prefeitura de João Pessoa.

Levantamento feito pelo portal Tá na Área, com base numa ferramenta de inteligência artificial da AtivaWeb Group, empresa especializada em monitoramento e análise de marcas, política e personalidades nas redes sociais, aponta que quase 80% dos internautas enxergam o envolvimento do ex-governador paraibano com o escândalo apurado até aqui pela Operação Calvário.

O monitoramento produzido pela AtivaWeb Group, no período de 30 de janeiro 20 de maio de 2019, isto é, compreendendo todas as quatro fases da operação comandada por uma ‘Força Tarefa’ dos Ministérios Públicos do Rio de Janeiro, Paraíbas  e Goiás, mostra que 79% dos paraibanos que acessam as quatro principais plataformas de redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter e Youtube) acreditam no envolvimento do ex-governador Ricardo Coutinho com as denúncias de corrupção até aqui apuradas. Por outro lado, apenas 16% não acreditam no envolvimento do socialista. O estudo tomou por base quase 7 milhões de menções nas redes sociais sobre o assunto.

Pela pesquisa, que toma por base a análise de sentimento, isto é, que verifica a partir da polaridade, o saldo entre menções negativas e positivas, a Operação Calvário tem um impacto negativo de quase 70% na internet. Os números mostram que o tema ganha cada vez mais negatividade perante os internautas a cada nova fase da operação, o que reflete na imagem do próprio Ricardo Coutinho, cujo desgaste acentuado já bate à porta dos 80%. 

Nas duas das mais importantes e acessadas plataformas de redes sociais do mundo, o assunto tem ocupado lugar de destaque. Instagram e Facebook lideram as menções sobre o tema com 31% e 36%, respectivamente. Em sites e blogs, canais que também utilizam as plataformas para distribuição de conteúdo jornalístico, o tema tem ocupado 16% de relevância nas redes sociais. Twitter e Youtube vêem em seguida com 11% e 6%, respectivamente.

Em meio aos desdobramentos da Operação Calvário, que já colocou no xadrez sua secretária de Administração e alguns auxiliares ocupantes de cargos de assessoria, o governador João Azevedo também não escapa das avaliações depreciativas dos internautas. Em que pese 43% dos internautas manifestarem que o atual governador não tem nenhuma culpa no escândalo da Calvário, 41% acreditam que Azevedo tem algum grau de envolvimento, a julgar pelas menções apuradas pela análise.

O levantamento da Ativa Web Group e publicado com exclusividade pelo Tá na Área tomou por base 6.678.981 menções nas redes sociais sobre o tema Operação Calvário, e foi feito no período de 30 de janeiro a 20 de maio desse ano. O método utilizado foi a análise de sentimento em redes sociais, que monitorou menções e compartilhamentos sobre o tema. Das quase 7 milhões de menções pesquisadas, 67% foram geradas por mulheres e 33% por homens.

Ativa Web Group

Em 2017, a AtivaWeb Group trabalhou na campanha de Governo do Estado do Amazonas e em grupos de comunicação de todo Brasil. Nas eleições suplementares do Amazonas, tanto no primeiro, quanto no segundo turno, a empresa obteve grande notoriedade pela precisão e acerto dos seus dados.

Alek Maracajá desde março de 2017 faz parte de um grupo de inteligência de dados formado por analistas políticos, empresariais, antropólogos, jornalistas e engenheiro de dados digitais. Segundo ele, o grupo tem o intuito de fazer uma varredura em todo Brasil de nomes de gestores e analisar números de aceitação e reprovação.

Ta Ná Área

O PSB ‘MALUFOU’? Ricardo Coutinho, Estela Bezerra e a absurda narrativa do ‘rouba, mas faz’

Dias atrás o deputado estadual Ranieri Paulino questionava o discurso dos “socialistas” e indagava se o PSB tinha “malufado”.

É evidente que sim.

Analisando o último discurso da deputada Estela Bezerra – que tem como ex-chefe de gabinete a atual presidente da Cruz Vermelha na Paraíba -, e a entrevista do ex-governador Ricardo Coutinho, fica claro que aqueles que antes se apresentavam sob o vestal da honestidade, agora apostam na absurda narrativa do ‘rouba, mas faz’.

Os girassóis agora descem um degrau e começam a convenientemente relativizar a corrupção.

E mesmo que a saúde da Paraíba fosse boa – coisa que não é – porque o que existe é muita propaganda e dinheiro pra comprar silêncio de meios de comunicação, não podemos jamais relativizar a corrupção; porque corrupção é uma só, lesando sempre a coletividade e prejudicando quem mais precisa do Estado.

O dinheiro que foi roubado da saúde, por exemplo, faz falta agora na maternidade estadual Arlinda Marques, onde crianças estão dormindo no chão e a superlotação já foi denunciada por usuários:

Os girassóis deveriam ter vergonha ao defender a lógica de Paulo Maluf, do ‘rouba mas faz’.

O problema é que na Paraíba estão roubando mais do que fazendo…

 

VÍDEO: Enquanto a ORCRIM girassol desvia dinheiro da saúde, crianças dormem no chão do hospital Arlinda Marques

O deputado estadual Wallber Virgolino denunciou neste domingo, 05, o caos em que se encontra o Complexo de Pediatria Arlinda Marques, administrado pelo Estado. Segundo o parlamentar, crianças estão dormindo no chão e improvisam com cadeiras:

“A real situação do Arlinda Marques em João Pessoa: a superlotação e a falta de estrutura é gritante. Já havíamos denunciado que familiares (acompanhantes) das crianças estavam dormindo no chão. Hoje, não só os acompanhantes estão no dormindo no chão, agora são as próprias crianças.

Caos e absurdo!!!!

O que causa revolta é ver cidadão(a) defender que não existe uma Organização Criminosa destruindo o Estado”.

 

“População de Bayeux sofre sem atendimento odontológico enquanto a prefeitura virou puxadinho do prefeito e dos vereadores que o livraram da cassação”, critica Albeno Silva

Em postagem nas redes sociais, a liderança jovem de Bayeux, Albeno silva, criticou a precariedade na saúde pública do município, mais precisamente o atendimento odontológico:

“VERGONHA ! População de Bayeux sofre sem atendimento odontológico enquanto a prefeitura virou puxadinho do prefeito e dos vereadores que o livraram da cassação. De acordo com denúncias, os dentistas da cidade de Bayeux receberam no último mês R$ 914, quando a lei determina o mínimo de três vezes o salário mínimo, além do soldo inferior e da falta de respeito os materiais para atendimento não existem”.

A imagem pode conter: texto

Em paralelo ao caos que Bayeux vive, Albeno afirma que “enquanto isso a cada dia o prefeito e vereadores que apoiam a corrupção empregam familiares, vai de esposa a primo com salários bastante altos”.

Albeno Silva também critica o estelionato eleitoral cometido por Berg Lima na campanha de 2016:

“Essa Prática era condenada pelo prefeito no passado por achar ele que o patrimonialismo (uso do público como privado) era uma das piores chagas da nossa cidade, uma vez que não só os políticos enriqueciam como também seus familiares, e quem paga a conta é a população mais pobre que precisa de serviços. E para piorar, o prefeito ainda desfila na cidade pregando Deus e motivação. O grande Pai não gosta de mentira, conchavo e corrupção gestor, pague o que os dentistas merecem e forneça materiais, caso contrário a dor de dente do povo só aumentará”.

 

Livânia Farias vai delatar a ORCRIM girassol

Para desespero do chefe, a ex-secretária de Administração da Paraíba, Livânia Farias, vai mesmo delatar a ORCRIM que operava nos governos de Ricardo Coutinho e desviava dinheiro da saúde através das organizações sociais.

Fontes ligadas à família de Livânia confirmaram ao Polítika, neste sábado, 23, que a ex-secretária havia cedido aos pedidos dos familiares. Livânia estaria sendo pressionada pelo seu grupo político a não delatar, mas a pressão da família nessas horas tem mais força.

Entre a família e os girassóis, Livânia ficou com o primeiro.

Além disso, o conjunto probatório contra Livânia é farto incisivo e incontroverso, e não envolve apenas a delação de Leandro Nunes, mas depoimentos dos empresários que foram pagos com propina na campanha de João Azevedo e dos co-autores nos crimes de lavagem de dinheiro envolvendo a casa na cidade de Sousa e os carros.

É questão de dias até Livânia homologar a delação e revelar para a Paraíba o maior e mais descarado esquema de corrupção de todos os tempos.

No momento ela negocia os benefícios e diminuição das penas resultantes dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, mas a decisão já está tomada.

As próximas fases da Operação Calvário entrarão para a história…

ROUBA, MAS FAZ: Raniery questiona se o PSB “malufou”

Durante entrevista na rádio Correio, nesta quinta, 14, o deputado estadual Raniery Paulino questionou se o PSB tinha “malufado”. É porque o governo tem se esquivado das denúncias de corrupção que envolvem as organização sociais apenas repetindo o mantra que a gestão em saúde melhorou.

Ou seja, rouba, mas faz. Frase que sintetizava as gestões do lendário Paulo Maluf, em São Paulo.

Será, hein?

 

A vergonhosa nota de Gilberto Carneiro e o princípio constitucional da moralidade administrativa

Como se diz no popular, Gilberto Carneiro foi pego com batom na cueca ao combinar o superfaturamento de uma licitação da Saúde, juntamente com Waldson de Souza, braço direito de Ricardo Coutinho.

Para Gilberto Carneiro só resta o caminho da demissão. Na vergonhosa nota que emitiu à imprensa, Gilberto não negou que estava beneficiando um empresário na licitação milionária da Saúde e combinando o superfaturamento. Waldson foi menos cara de pau e nem nota emitiu.

Confira a nota:

Na qualidade de Procurador Geral do Estado, sempre pautei minha atuação na defesa do interesse público, irrestritamente.
O áudio editado e publicado, de forma seletiva e parcial, na imprensa, nos últimos dias, foi produzido em meados do ano 2012. Contudo, importante destacar que nunca houve a referida licitação, daí não decorrendo qualquer ilicitude.
Ilações ou manifestações deturpadas a respeito desse fato serão passíveis de medidas judiciais.

Gilberto Carneiro da Gama

Ou seja, a licitação seria superfaturada, mas como não ocorreu, tudo bem, de boa. 🙂

Mas não é assim que a coisa funciona.

E quantas milhares de licitações já foram realizadas nos governos de Ricardo Coutinho? Será que os nobres secretários também tiveram a mesma conversa “republicana” (parafraseando Ricardo Coutinho) com outros empresários? O Ministério Público precisa investigar algo tão elementar.

Não importa se a licitação foi finalizada ou não. Tanto Waldson como Gilberto não reúnem a mínima condição moral para continuar numa administração pública.

E não é mera opinião, está lá na Constituição Federal:

“Art. 37 A administração publica direta ou indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficácia […].”

O Princípio da moralidade é um dos princípios pelos quais se rege o Direito Administrativo brasileiro. Esse princípio evita que a Administração Pública se distancie da moral e obriga que a atividade administrativa seja pautada não só pela lei, mas também pela boa-fé, lealdade e probidade.

Manter Gilberto e Waldson em suas respectivas secretarias é o mesmo que botar a raposa para cuidar do galinheiro…

No Sertão, Lucélio Cartaxo se reúne com lideranças de vários municípios e defende construção de Hospital de Trauma na região

Além de defender a construção de um Hospital de Trauma no Sertão, o pré-candidato a governador Lucélio Cartaxo (PV) cumpriu, nesta quinta-feira (17), na região de Cajazeiras, uma extensa agenda de encontros com lideranças políticas, religiosas e comunitárias para ouvir propostas para composição do seu plano de governo.

“Nosso programa será resultado do diálogo franco com a população, sempre com foco na redução das desigualdades regionais e em obras e serviços que aproximem o poder público da população”, explicou. O pré-candidato ressaltou que o momento é de fazer a Paraíba avançar com um novo modelo de gestão, “com planejamento, participação e compromisso com o futuro do estado e das pessoas”, apontou.

Durante a manhã, em Cajazeiras, Lucélio concedeu entrevistas, fez visita à Faculdade de Filosofia Ciências e Letras (Fafic), onde se encontrou com o diretor Padre Agripino, e também se reuniu com prefeitos, vereadores e outras lideranças de Uiraúna, Poço Dantas, Santa Helena e Cachoeira dos Índios, com destaque para os prefeitos Bosco Fernandes (Uiraúna) e Dedé de Zé de Cândido (Poço Dantas), Bodinho (ex-prefeito de Cacheira dos Índios), professora Corrinha, líder da oposição em Santa Helena, e Delzinho,
vereador e futuro presidente da Câmara Municipal de Cajazeiras.

São José de Piranhas – Acompanhado da vereadora Raissa Lacerda (JP), Cartaxo conversou com o ex-prefeito de São José de Piranhas, Dominguinhos Lacerda, o vice-prefeito Júnior Brasileiro, o radialista Wilson Furtado, vereador em Bonito de Santa Fé, e diversos parlamentares da cidade que declararam apoio à sua pré-candidatura.

Noutro momento, ainda em São José de Piranhas, Lucélio foi recebido pela líder da oposição, a empresária Cleide de Zezé, ex-candidata a prefeita, vereadores de oposição e lideranças comunitárias, tendo também recebido novos apoios na disputa pelo governo do Estado.

Bonito de Santa Fé

Encerrando o intenso e movimentado dia de conversas políticas no Sertão, Lucélio Cartaxo se reuniu à noite com dezenas de lideranças comunitárias de Bonito de Santa Fé que integram as bases do ex-prefeito Sabino Dias de Almeida, que já comandou o município em quatro oportunidades.
Na conversa com lideranças, Cartaxo da proposta de gestão humana que pretende implantar. “O governo precisa cuidar das pessoas, com saúde, segurança, creches e emprego. Nosso compromisso é com as pessoas”, destacou.

Pré-candidato a governador, Lucélio Cartaxo visita Riachão do Poço e defende ações urgentes na saúde e na segurança da Paraíba

O pré-candidato a governador Lucélio Cartaxo (PV) participou na noite deste sábado dos festejos dos 24 anos de emancipação política do município de Riachão do Poço. Na cidade, Lucélio foi recebido pelo ex-prefeito Zé de Constâncio, líder da oposição local, vereadores e lideranças comunitárias, mas também aproveitou para conversar com a população nas ruas.

Durante a visita, Lucélio Cartaxo ouviu preocupações da população em relação a ausência de assistência à saúde e a falta de segurança.

Neste sentido, Cartaxo destacou que seu programa de governo deverá propor ações que possam cuidar das pessoas de forma mais humanizada tanto na saúde como na segurança.
Na conversa com as lideranças locais, o pré-candidato Lucélio Cartaxo voltou a afirmar que, em sendo eleito, vai regionalizar as ações da gestão para aproximar o governo dos municípios e da população.

Além disso, Lucélio garantiu que fará parcerias com os municípios para garantir ações no campo da educação, especialmente na implantação de creches. Ele lembrou o amplo programa de creches de alto padrão implantado em João Pessoa pela gestão do prefeito Luciano Cartaxo e que já tem produzido resultados positivos na redução dos índices de pobreza na Capital.