FANTASMA: Filha de Maranhão recebeu R$ 700 mil do gabinete de Vitalzinho, sem trabalhar, denuncia senador Lira

O senador Raimundo Lira denunciou nesta quinta-feira, 03, durante um programa de rádio, que Maria Alice Maranhão, filha do também senador José Maranhão, recebeu entre os anos de 2011 e 2014, um salário de R$ 14 mil por mês, sem trabalhar, no gabinete do ex-senador e ministro do TCU, Vital do Rêgo.

“Quando eu assumi chamei Maranhão para conversar e acertei a saída dela, que recebeu cerca de R$ 14 mil por mês sem dar um dia sequer de ponto”, afirmou Lira. Ele ressalta que tentou propor a José Maranhão que os recursos recebidos por sua filha, no montante total de R$ 700 mil, fossem devolvidos ao Tesouro Nacional. “Um apelo que não tive como fazer de forma privada”, explicou.

Confira a entrevista de Raimundo Lira:

Cássio: “Vamos garantir no Senado mais recursos para UPAs e a saúde na Paraíba”

Durante visita às obras da UPA dos Bancários, em João Pessoa, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) afirmou que vem trabalhando, junto com a bancada federal, para assegurar mais recursos para a saúde na Paraíba, beneficiando a população.

Ao longo do mandato no Senado, Cássio destinou mais de  R$ 73 milhões em recursos para a saúde do Estado, incluindo a implantação, ampliação e reforma de Unidades Básicas de Saúde, clínicas e policlínicas. E, também, para ajudar os gestores no custeio e manutenção dessas unidades de saúde da Paraíba.

“O bom atendimento na saúde demanda muito investimento e trabalho. É por isto que temos nos dedicado no Senado a destinar recursos para os municípios. No caso de João Pessoa, vamos continuar a trabalhar para que, após a entrega da obra da UPA dos  Bancários, a homologação junto ao Ministério da Saúde seja agilizada para que o custeio de um milhão de reais por mês não fique apenas na conta da Prefeitura, afirmou Cássio, após visitar a UPA Especialidades, ao lado do prefeito Luciano Cartaxo, do senador Raimundo Lira e do deputado federal Pedro Cunha Lima.

Cássio explicou que os mais de R$ 73 milhões destinados aos municípios são também utilizados para o fortalecimento da atenção básica, para a implantação, por exemplo, de Unidades de Saúde da Família, reforma e ampliação de hospitais, aquisição de ambulâncias e atenção à saúde bucal, dentre outros benefícios.

“É preciso investir na saúde dos municípios, principalmente os do interior, porque isto contribui inclusive para desafogar os hospitais e UPA’s de cidades maiores. No caso de João Pessoa, vamos continuar a trabalhar para garantir mais recursos para a conclusão e funcionamento da UPA dos Bancários e de outras unidades de pronto atendimento da capital, que beneficiam milhares de pessoas”, concluiu.

Veneziano quer eleger a esposa deputada federal e confirma mais um rótulo dado por Ricardo Coutinho: “Ele só sabe fazer a política das famílias”

O deputado federal Veneziano Vital do Rêgo já elegeu a mãe e o irmão para a Câmara Federal. Agora quer eleger a esposa deputada federal enquanto se lança candidato ao Senado. Agindo assim ele ajuda os adversários e confirma mais um rótulo dado pelo governador Ricardo Coutinho: “Veneziano só sabe fazer a política das famílias”.

Precisamos reconhecer que Ricardo Coutinho é mestre em rotular os adversários e na ocasião a seguir ele foi cirúrgico:

“Veneziano é um jovem com a mentalidade completamente ultrapassada. Ele não consegue dialogar com nada que seja novo. Ele só sabe fazer a política da família, dos acordos, do toma lá dá cá”.

Ainda não se sabe como Veneziano vai administrar a sua campanha e a da esposa sem criar atritos com os principais deputados federais da coligação do PSB, que certamente vão exigir reciprocidade no apoio; ou seja, bases eleitorais para votar no ex-cabeludo.

Veneziano precisar aprender com Ricardo Coutinho, que sacrificou um mandato de senador em prol de algo maior.

Cássio ajuda a destravar investimentos de R$ 330 milhões para João Pessoa

Um dos primeiros compromissos do Senador Cássio Cunha Lima (PSDB) ao assumir a presidência do Senado Federal nesta sexta-feira foi uma reunião no Gabinete do Senado com o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo e representantes da Secretaria do Tesouro Nacional, para cobrar agilidade na liberação do projeto João Pessoa Cidade Sustentável, que vai garantir um investimento de mais de R$ 330 milhões em obras de infraestrutura e ações fundamentais para a geração de emprego e renda na Capital e na economia paraibana.

“Fizemos esta reunião de trabalho defendendo os interesses da população, sobretudo os mais pobres que vivem na capital. Haverá uma reunião técnica hoje à tarde para a análise de novos documentos que foram encaminhados. O Tesouro vai verificar a documentação e, estando dentro das normas legais, em 15 dias este processo poderá estar com o parecer pronto para que seja enviado ao Senado Federal. Estamos vendo os interesses da população de João Pessoa e buscando este financiamento para o desenvolvimento sustentável de João Pessoa”, afirmou Cássio Cunha Lima ao final da reunião articulada por ele.

O projeto João Pessoa Cidade Sustentável conta com 60 ações de grande porte que vão preparar a capital paraibana quando ela atingir a marca de um milhão de habitantes. Dentre as ações, estão a construção de conjuntos habitacionais no Complexo da Beira Rio, envolvendo oito comunidades que serão completamente urbanizadas; a implementação da Escola de Governança e Gestão, que irá qualificar cada vez mais os profissionais da Prefeitura; além de um investimento importante na segurança urbana e cidadã, por meio da instalação do Centro de Cooperação da Cidade (CCC), onde será unificado todo o monitoramento da cidade, do trânsito às equipes de prevenção de desastres naturais, entre outras ações.

Com informações da Agência Senado

A voz da Paraíba que o Brasil ouve – Por Heron Cid

Até quem tem restrições ou críticas ao senador Cássio Cunha Lima (PSDB) precisa admitir: poucos paraibanos na nossa história recente conseguiram produzir um mandato com tanta influência nacional.

E não é fácil um nordestino, paraibano ainda por cima, romper o bloqueio do PIB da política ditada por paulistas, cariocas e mineiros.

O exemplo da sua fala, vazada pela Folha de São Paulo, é clássico.

Com poucas palavras a investidores, o paraibano pautou o noticiário dos grandes veículos de comunicação do País.

Sua constatação de que o Governo do presidente Michel Temer caminha para um fim próximo extrapolou as fronteiras.

Na distante Alemanha, Temer foi interpelado por jornalistas brasileiros sobre a previsão catastrófica feita pelo tucano.

Diplomático, o presidente tratou de despistar e minimizar o impacto.

Em vão. O estrago já estava feito e em Brasília o assunto ganhou corpo, assim como a possibilidade de Rodrigo Maia virar presidente, verbalizada por Cássio.

Na Paraíba, Cássio pode até ser muito contestado pelos adversários e alvo natural de críticas de setores da imprensa por determinadas posturas, inclusive neste Blog.

Mas é necessário dar o braço a torcer. Ele conquistou estatura nacional.

Atualmente, é a voz da Paraíba que o Brasil escuta. Para concordar ou contestar.

E o que diz exerce muita influência no centro do poder.

Temer, imprensado na Alemanha pela declaração do paraibano, que o diga.

1 x 1: Cássio desafia Ricardo Coutinho a disputar Senado e desempatar o placar

O senador Cássio Cunha Lima venceu o 1º turno de 2014 e perdeu o 2º turno. Na lógica do tucano, o jogo precisa ser desempatada e a melhor de três seria a disputa para o Senado, cargo natural de todo governador depois de dois mandatos.

Mas Ricardo Coutinho não quer, disse que não sai do governo em abril e fica até o ultimo dia.

Eu acredito que seja blefe.

O desafio foi feito publicamente, na última sexta, 07, pelo próprio ex-governador Cássio Cunha Lima.

Quem marcaria o segundo gol?