TCE reprova contas do prefeito de Lucena; Marcelo Monteiro deixou rombo nas contas de 2016 e não aplicou o mínimo em Educação e Saúde

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

Considerado o pior prefeito da história de Lucena (e também o mais perseguidor), Marcelo Monteiro teve suas contas de 2016 reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado, na última quarta, 16. O déficit financeiro e a não aplicação dos percentuais mínimos e constitucionais em saúde e educação levaram à rejeição as contas.

O Ministério Público também pediu a reprovação das contas de 2017 e 2018. Pelo jeito, Marcelo passará longos anos sem poder disputar cargos públicos.

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
Na Paraíba, Baleia Rossi é recebido por emedebistas e tem importantes encontros políticos

Na Paraíba, Baleia Rossi é recebido por emedebistas e tem importantes encontros políticos

Em campanha pela presidência da Câmara Federal, o deputado federal Baleia Rossi (MDB/SP) está na Paraíba para encontros com o…
Aguinaldo ressalta importância fundamental da Câmara para a estabilidade democrática no país: "Cumpre o seu papel"

Aguinaldo ressalta importância fundamental da Câmara para a estabilidade democrática no país: "Cumpre o seu papel"

O deputado federal Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) participou nesta sexta-feira (22) da reunião entre o candidato à presidência da Câmara Federal…
Aprovação a Bolsonaro despenca de 37% para 26% em uma semana, aponta pesquisa

Aprovação a Bolsonaro despenca de 37% para 26% em uma semana, aponta pesquisa

Pesquisa divulgada nesta sexta-feira (22) pela revista Exame feita pelo instituto IDEIA mostra que caiu de 37% para 26%, na…
Manoel Jr é o primeiro prefeito da Paraíba a anunciar calendário anual de pagamento dos servidores

Manoel Jr é o primeiro prefeito da Paraíba a anunciar calendário anual de pagamento dos servidores

O prefeito de Pedras de Fogo, Manoel Junior (Solidariedade), anunciou, nesta sexta-feira (22), durante solenidade na Secretaria de Educação, o…

Siga-nos Facebook