Veneziano não é de confiança e estava articulando candidatura pelas costas de João Azevedo

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

Lula e o PT sempre apoiaram Veneziano em todas as suas campanhas eleitorais. O mesmo vale para Vitalzinho, que virou ministro do TCU por indicação da ex-presidente Dilma Roussef. Mas na única vez que o PT precisou de Veneziano, ele votou a favor do impeachment de um governo que ele usou e abusou por longos 14 anos. Dá pra confiar?

O que está por trás do episódio envolvendo a esposa do senador, Ana Cláudia, nesta sexta, em Campina, é algo bem maior. Veneziano articula com o ex-presidente Lula a sua candidatura ao governo do estado. Parece que o petista desenvolveu uma espécie de síndrome de Estocolmo por ‘golpistas’, e tem percorrido o país para beijar a mão daqueles que tiraram Dilma do cargo.

Pelo o que o blog tem apurado, Veneziano queria sugar o governo João Azevedo até os 45 do 2° tempo, para depois se lançar candidato.

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
'Patriota' Cabo Gilberto é a favor da privatização da Petrobrás

'Patriota' Cabo Gilberto é a favor da privatização da Petrobrás

Se depender dos ‘patriotas’ da qualidade do deputado Cabo Gilberto, o Brasil será alugado para os gringos, como dizia Raul…
Procura-se vereador de oposição em Lucena

Procura-se vereador de oposição em Lucena

Apesar dos inúmeros absurdos da gestão do prefeito Leo Bandeira, como o aumento dos cargos comissionados/contratados em 61%, nomeação de…
Afinal, quando é que Veneziano vai criar coragem para oficializar o rompimento e entregar os cargos no governo de João Azevedo?

Afinal, quando é que Veneziano vai criar coragem para oficializar o rompimento e entregar os cargos no governo de João Azevedo?

Ficou faltando um último ato para encerrar o teatro mambembe do senador Veneziano e sua esposa Ana Cláudia: a entrega…
Lula terá que prestar contas sobre a desastrosa gestão de Dilma; Ciro está aí para cobrar

Lula terá que prestar contas sobre a desastrosa gestão de Dilma; Ciro está aí para cobrar

Não, a eleição de 2022 não será um plebiscito entre o lulopetismo e o bolsonarismo. Cada qual terá que explicar…

Siga-nos Facebook