PRESSÃO: Família de Livânia Farias está reunida em João Pessoa

Praticamente toda a família de Livânia Farias está reunida em João Pessoa, inclusive seu sobrinho e vereador na cidade de Sousa, Koloral Junior, que não compareceu à Câmara na última semana. A informação foi repassada por uma fonte próxima aos familiares.

Livânia está presa há uma semana, acusada de lavagem de dinheiro e corrupção passiva pela Operação Calvário, que investiga desvios de recursos da saúde através das organizações sociais trazidas pelo ex-governador Ricardo Coutinho.

Segundo as informações recebidas, a família de Livânia estaria disputando força com girassóis graúdos que fazem pressão contra a decisão de Livânia em delatar o esquema para diminuir o tempo de prisão.

Mas a delação que vai revelar os membros da ORCRIM girassol é uma questão de dias…

Caixa promove Spa Day – um dia inteiro de serviços gratuitos para beleza e saúde das mulheres advogadas

Nada como um dia inteiro dedicado para cuidar, se cuidar e relaxar. Reservar um dia para esfoliar, hidratar, massagear e perfumar rosto e corpo, além de cuidar da saúde com serviços médicos, pode fazer maravilhas para elevar a auto-estima e diminuir o estresse. Foi nesse sentido que surgiu a ideia do Spa Day CAA/PB, o de reunir vários serviços num dia exclusivo para as mulheres advogadas.

O Spa Day CAA/PB vai acontecer na sede da Caixa, próxima quinta-feira (28/03), a partir das 09h e se estende até às 16h. “Será um dia inteiro com serviços gratuitos, descontos especiais em produtos e vários sorteios de brindes, além de DJ com muita música boa e buffet com coffee break”, destacou Assis Almeida, presidente da CAA/PB.

Para participar do Spa Day, a mulher advogada deve estar adimplente e comparecer na sede da CAA/PB para garantir seus atendimentos. A CAA/PB não garante vaga dos serviços oferecidos no Spa Day por reserva. Para garantir sua vaga a advogada deve comparecer presencialmente no dia do evento, na sede da Caixa, verificar a disponibilidade e aguardar atendimento.

Serviços:

Spa das sobrancelhas

Spa dos Pés

Spa da Pele

Romanza: Exposição de semi-jóias e sorteio de brindes

Criofrequência

Foto depilação

Aula de automaquiagem e demonstração de produtos

Limpeza de pele

Massoterapia – Massagem relaxante

Nutrição: Consulta + exame bioimpedância

Odontologia:Profilaxia

Psicologia: Escuta, técnicas

+ DJ

+ Buffet com coffee break

 

Ex-prefeito de Caaporã deixa dívida de quase 5 milhões com INSS para atual gestão pagar

Uma Carta Cobrança de Nº 67/2019 notificou a Prefeitura Municipal de Caaporã, através do Ministério da Fazenda para que seja efetuado o pagamento de R$ 4.769.067,73 (quatro milhões, setecentos e sessenta e sete mil, sessenta e sete e setenta e três centavos), não recolhidos ao Instituto Nacional de Seguro Social – INSS nos anos anteriores a 2017.

Cristiano Monteiro, atual prefeito, assumiu a gestão em janeiro de 2017 com dívidas astronômicas e contas no vermelho. A dívida municipal no final do exercício do ex-prefeito João Batista Soares, chegou ao montante de R$ 44.264.388,93 correspondente a 88,82% da receita corrente liquida do município, dividindo-se nas proporções de 27,26%, entre dívida fundada, respectivamente.

“Infelizmente a situação de Caaporã foi pior do que imaginávamos. Herdamos um déficit de cinco milhões, gasto com pessoal acima do limite, folha de pessoal em alto grau de risco, salários atrasados, contas de água e luz sem serem pagas, além dos débitos com o INSS e com o próprio Instituto de Previdência. Até o momento, ainda estamos pagando diversas dívidas para que a gestão possa firmar convênios com Governo Federal e Estadual, informou Kiko Monteiro.

Recolhendo rigorosamente o INSS dos servidores em dia, a Prefeitura de Caaporã ainda paga parcelamentos e a partir de agora fará outro acordo para tentar quitar esses quase R$ 5 milhões. “Quem deve tem que pagar, já que o ex-prefeito só deixou dívidas percorremos o caminho de pagarmos e tentar fazer algo por Caaporã com o pouco que sobra. Mas, com fé em Deus, estamos conseguindo”, disse Cristiano Monteiro.