Pré-candidato a prefeito de João Pessoa, Julian Lemos contrata o marqueteiro mais experiente da PB

Zé Maria, da Mix Comunicação, será o marqueteiro de Julian Lemos na disputa pela prefeitura de João Pessoa. Zé é considerado o profissional de marketing político mais experiente da Paraíba. Ao lado de Jurandir Miranda – que agora só quer saber da sua cachaça Turmalina – Zé Maria participou de vitórias memoráveis, como a de Cássio em 2002, a improvável reeleição em 2006 e a vitória do tucano no 1° turno de 2014. Só perdeu no 2° turno porque nem Deus ganhava da organização criminosa de Ricardo Coutinho.

Deputado federal mais votado de João Pessoa, Julian promete uma campanha em defesa dos seus valores liberais na economia e conservadores nos costumes, mas sem as parvoíces do bolsonarismo. As ações na área da segurança pública e o volume de emendas garantem um bom portfólio para o deputado apresentar na campanha.

Patrimônio oficial de Ricardo Coutinho supera 6 milhões de reais e cresceu 650% enquanto governador

VÍDEO: Mais nova aliada de Berg Lima, Luciene de Fofinho não desmente que será a candidata da bancada do ex-presidiário

A vereadora Luciene de Fofinho gravou um vídeo para ‘desmentir’ a informação veiculada na imprensa de que ela teria se reunido com a bancada de Berg Lima para ser a candidata dele na eleição indireta a ser realizada pela Câmara Municipal. Contudo, a vereadora enrola muito, mas não desmente a informação:

Luciene de Fofinho se alia a Berg Lima e será a candidata do ex-presidiário na eleição indireta realizada pela Câmara

Juiz afirma que Bayeux não deve ter eleição indireta e Jefferson Kita deve continuar na prefeitura até o fim do ano

O juiz eleitoral de Bayeux, Euller Jansen, afirmou que a renúncia de Berg Lima ao cargo de prefeito daquela cidade, nada muda na situação atual do município, que deve continuar a ser administrado pelo prefeito interino Jefferson Kita.

Em entrevista concedida ao programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM, o juiz explicou que a Lei Orgânica do município prevê a eleição indireta em caso de vacância dos cargos de prefeito e vice-prefeito em até 15 meses antes do fim do mandato. Se a vacância ocorre com menos de seis meses para o fim do mandato, porém, é o presidente da Câmara Municipal que assume.

Segundo Euler Jansen, como Jefferson Kita já havia assumido interinamente a prefeitura por ser presidente da Câmara Municipal, a vacância já foi resolvida e não há mais alterações a fazer. Para ele, Kita deve continuar na prefeitura até o dia 31 de dezembro, sem precisar de nenhuma eleição indireta até lá.

ClickPB

Luciene de Fofinho se alia a Berg Lima e será a candidata do ex-presidiário na eleição indireta realizada pela Câmara

Ex-adversária de Berg Lima, a vereadora Luciene de Fofinho fechou um acordo para ser a candidata de Berg Lima na eleição indireta que a Câmara irá realizar após a renúncia do ex-presidiário.

O que até dias atrás seria considerado uma heresia, foi costurado em um encontro ocorrido ontem e que só acabou na madrugada de hoje.

Luciene de Fofinho, feroz opositora de Berg Lima, foi ungida candidata do agora ex-prefeito na eventual eleição indireta que esperam haver na Câmara com a renúncia do antigo prefeito, protocolada nesta terça, 14.

Com a presença do presidente estadual do PDT, Renato Feliciano, mesmo partido de Luciene, os sete vereadores ligados a Berg, Adriano Martins, Dedeta, França, Adriano do Táxi, Guedes, Cabo Rubem e Uedson Orelha, fecharam questão em torno do nome da vereadora, que aceitou o convite e passa a integrar a base do ex-prefeito condenado e denunciado pela própria Luciene inúmeras vezes com pedidos de CPI’s e votos pela cassação nos processos tramitados na Câmara.

A jogada se concretizaria com a imposição aos vereadores recém-filiados ao PDT, Netinho Figueiredo, Betinho da RS e Lico Cunha, de ficarem sem legenda na próxima eleição, caso não votem em Luciene.

Ainda de acordo com informações obtidas com vereadores presentes à reunião, a contrapartida de Luciene para passar a integrar o grupo de Berg e ser agraciada com a renúncia e o seu apoio no pleito indireto, será entregar três secretarias ao ex-prefeito, que indicará os secretários, e parte dos cargos da prefeitura, além de dividir o restante desses cargos com os novos colegas de bancada.

Vereadora que tinha filhos recebendo bolsa-família enquanto marido era presidente da Câmara agora quer ser prefeita de Bayeux

RICARDO É HEPTA: Preso na Operação Calvário, presidente da Fundação João Mangabeira já coleciona 7 denúncias por corrupção

O PSB já pode se orgulhar do premio conquistado. É o partido com o presidente de Fundação recordista em denúncias por corrupção. Preso em dezembro na Operação Calvário, o ex-governador Ricardo Coutinho já coleciona 7 denúncias por corrupção – todas aceitas pela Justiça – e continua na presidência da Fundação João Mangabeira.

Ricardo foi denunciado juntamente com o irmão dele, Coriolano Coutinho, a irmã Valéria Coutinho, o cunhado Paulo César, Ivan Burity, Livânia Farias e Laura Caldas por desvio de dinheiro para obras do Canal 40, localizado no bairro de Mangabeira, em João Pessoa. O local foi o ‘QG’ de campanha do grupo desde a primeira campanha de Ricardo para o cargo de governador, em 2010.

A seleção brasileira de futebol ainda não chegou lá, mas Ricardo Coutinho já é hepta. Confira aqui a última denúncia do MP.

Patrimônio oficial de Ricardo Coutinho supera 6 milhões de reais e cresceu 650% enquanto governador

Senador da Rede quer Ciro presidente

Randolfe Rodrigues declarou apoio a Ciro Gomes para 2022. Numa live com o ex-governador do Ceará, o senador da Rede o comparou a Leonel Brizola.

“É uma alegria muito maior estar aqui com o nosso líder. No que depender de nossos esforços, futuro presidente do nosso país. Eu dizia hoje de manhã: cada vez que eu vejo mais o Ciro falar, mais me tem lembrado do Brizola, viu. Cada vez tem trazido mais os bons ventos de Brizola.”

 

Marina Silva perdeu mais um voto.

O Antagonista

Efraim libera junto ao Ministério da Saúde 40 respiradores para municípios paraibanos.

Em uma ação para ajudar os municípios paraibanos, o deputado Efraim Filho, que é líder dos Democratas e coordenador da bancada federal paraibana, esteve em audiência junto ao Ministério da Saúde e conseguiu destinar 40 respiradores para as cidades com hospitais municipais e devem chegar ainda esta semana.

Serão 20 respiradores para leitos de UTI e 20 respiradores móveis para transportes de pacientes. João Pessoa receberá 10 unidades para leitos de UTI, Campina Grande receberá também 10 unidades, sendo 05 para UTI e 05 móveis. Cabedelo receberá 05 respiradores para leitos de UTI, importante para equipar o hospital municipal do município.

As cidades de menor porte também serão contempladas, todas com Respiradores móveis: Bananeiras com 04 unidades, Alhandra com 03 unidades, São Mamede, São Bento, Caaporã e Catolé do Rocha, com 02 unidades de respiradores móveis cada um. Esta semana ainda devem ser entregues os respiradores.

O deputado Efraim Filho (DEM/PB) disse: “agradeço a atenção do Ministro da Saúde Eduardo Pazuello e do Governo Federal Jair Bolsonaro nesta ação conjunta para preservar a vida de tantos paraibanos. Inclusive cidades que possuem hospitais municipais e estavam desassistidas e agora ganham essa segurança para cuidar do seu povo e também reforçar a ajuda a toda a região.”

Efraim Filho falou também que “manteve contato com o Governador João Azevedo e o Secretário Geraldo Medeiros, mas foi informado que os órgãos de saúde do Estado referenciados para o Covid19 já dispunham dos respiradores necessários para estas ações. Espero continuar atendendo e chegar a outras cidades que precisam proteger a saúde dos seus cidadãos”.

Ao El Pais, Aguinaldo reafirma empenho para aprovar a Reforma Tributária: “A ideia é ter um sistema de regra simplificado, não de exceção”

O relator da reforma tributária no Congresso Nacional, deputado federal Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) falou ao El País a respeito do seu empenho em aprovar a Reforma Tributária no Brasil para que o país possa atrair mais investimento, que a empresas aumentem a sua competitividade e o cidadão possa sentir na ponta a diminuição dos custos.

Aguinaldo explicou sobre as duas propostas de emendas constitucionais em tramitação na Comissão Mista e que propõem uma reestruturação da carga tributária por meio de um imposto único.

“A ideia é ter um sistema de regra simplificado, não de exceção. O sistema atual se tornou uma maluquice. Hoje na tributação você tem tanta exceção que a regra passou a ser um detalhe”, frisou.

O líder da maioria na Câmara Federal ainda voltou a reforçar que com a referida reforma, haverá maior transparência na tributação além de um maior retorno dos impostos pagos para os brasileiros.

“O consumidor não sabe quanto se paga de impostos sobre o produto pois no Brasil se paga muito imposto e o brasileiro tem muito pouco em termos de volta desse imposto, como benefício” argumentou.