Ruy diz que vender a vacina para empresas é um modo de furar fila: “Sou contra, tem que respeitar a fila pública”

Diante dos recentes casos de pessoas que furaram fila para se vacinar contra a COVID-19 e que não estão nos grupos prioritários dessa fase, o deputado federal Ruy Carneiro classificou a postura como uma falta de respeito a todos os que precisam ser imunizados inicialmente.

Ruy mostrou indignação com a capacidade de algumas pessoas de não demonstrarem empatia pelas que mais precisam ser vacinadas nesse primeiro momento. “Eu fico indignado com esse absurdo e com a capacidade das pessoas de terem essa atitude”, lamentou.

Em vídeo nas redes sociais, Ruy se posiciona contrário à venda de vacinas para empresas privadas e pessoas físicas. Para Ruy, permitir a comercialização é um modo de deixar que quem tem dinheiro fure a fila. Na avaliação dele, a vacina deve ser pública, obedecendo o princípio fundamental de universalização do SUS, conforme critérios definidos no Plano Nacional de Vacinação.

“Vender a vacina, nesse momento, não é correto, não é legal, não é ético. A vacina é pública, para todos os brasileiros de maneira ordenada. Fila é fila, todos têm que respeitar a fila e o direito da vacinação com critérios para todos os brasileiros”, enfatizou.

Primeira-dama de Campina mantém roteiro de vistorias aos CAPS e visita unidade do Distrito de São José da Mata

Na manhã desta sexta-feira, 29, a primeira- dama Juliana Figueiredo Cunha Lima e a coordenadora de Saúde Mental de Campina Grande, Livia Sales, visitaram a unidade do  Centro de Atendimento Psicossocial – CAPS, Cuidar e Viver,  do Distrito de São José da Mata. Com essa agenda, Juliana deu prosseguimento a uma série de visitas que tem feito a essas unidades no Município.

Empenhada em desenvolver um trabalho que traga bons resultados para a área de saúde mental de Campina Grande, Juliana Cunha Lima fez questão de ir pessoalmente ao local para tomar conhecimento das reais necessidades do centro – sob a coordenação de Ivone Andrade. A unidade presta atendimento às pessoas com transtornos mentais que residem na região.

Nas visitas, a primeira-dama tem feito avaliação sobre a qualidade da gestão nos CAPS, o nível de atendimento ao público e as demandas mais comuns, em termos de estrutura.

Julian Lemos elabora manual sobre como identificar sinais de abuso sexual contra crianças

O deputado federal Julian Lemos (PSL) elaborou, em parceria com a sua equipe, e está lançando, um manual para orientar pais e professores sobre como identificar sinais de que uma criança está sendo abusada sexualmente.

O manual “Saiba o que fazer e como identificar casos de abuso sexual infantil” é prefaciado pela amiga particular do deputado e também ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves (PP).

De acordo com o parlamentar, o material deverá ser distribuído, dentro de muito em breve, em sedes de escolas, igrejas e, para a população em geral, através de entregadores em sinais de trânsito instalados nas cidades.

Julian Lemos é conhecido nacionalmente por capitanear lutas e ações para o reforço da Segurança Pública popular e também pelo incansável combate à prática de abuso sexual contra crianças e adolescentes em território brasileiro. Por tanto, o deputado federal foi escolhido como relator do Projeto de Lei (PL) que endurece a aplicação de penas para pessoas condenadas por casos de pedofilia. (Clique aqui para conferir detalhes)

Lemos também é autor do Projeto de Lei (PL) número 1793/19 que aumenta em até 10 anos o tempo de internação em casos de menores de idade que tenham cometido crimes hediondos.

“Precisamos nos unir para pedir celeridade ao Congresso Nacional que acelere a aprovação do Projeto de Lei 1793/19, de minha autoria, que aumenta para até 10 anos o tempo de internação em casos de menores de idade que tenham cometido crimes hediondos”, apela Julian.

Confira abaixo a capa do Manual elaborado pelo parlamentar e sua equipe:

Gervásio Maia confirma tensão com Ricardo Coutinho e manda a senha para João Azevedo: “Ele nunca fez nada que me desapontasse. Nem eu a ele”

O deputado federal Gervásio Maia (PSB) confirmou hoje em entrevista ao ParlamentoPB a existência de um afastamento em relação ao ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho. “Não existiu um rompimento. Mas, eu senti desde a época da convenção do ano passado que Ricardo estava frio em relação a mim. Ainda fui a três caminhadas da campanha, fui recebido com frieza e desde então resolvi não mais participar”, resumiu.

Não é segredo para ninguém que o deputado busca aproximação com o governador João Azevedo. E o deputado mandou a senha para João: “Eu rompi com João para ficar ao lado de Ricardo, mesmo sem ter motivo para me afastar do governador que ajudei a eleger. Ele nunca fez nada que me desapontasse. Nem eu a ele”.

Polítika com ParlamentoPB

Bruno faz visita de cortesia a Buega Gadelha na sede da FIEP

O prefeito Bruno Cunha Lima fez uma visita de cortesia, na tarde desta quinta-feira, 29, ao presidente da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (FIEP), Francisco Benevides “Buega” Gadelha. O encontro durou cerca de 45 minutos.

Durante o encontro, no gabinete da presidência da FIEP, Bruno renovou para Buega Gadelha a disposição da Prefeitura de Campina Grande de manter as parcerias históricas e até ampliá-las. O presidente da Federação disse que o sentimento é o mesmo, por parte da entidade.

Buega e Bruno também analisaram o quadro da economia nacional e seus efeitos na Paraíba e, particularmente, em Campina Grande. Tanto o prefeito quanto o presidente da Fiep são otimistas em relação à capacidade de Campina Grande contornar a crise da pandemia.

Presente

Ao final do encontro, o presidente Buega Gadelha presenteou o prefeito Bruno Cunha Lima com um produto “madeira in Senai da Paraíba”: uma mochila de couro. “Eis um presente para um jovem prefeito mochileiro e de tênis”, brincou Buega.

Para fortalecer a saúde em João Pessoa, Ruy luta por reformas no Hospital Universitário

Preocupado com os problemas estruturais do Hospital Universitário Lauro Wanderley, o HU de João Pessoa, o deputado federal Ruy Carneiro reuniu-se nesta quarta-feira (27), em Brasília, com o General Oswaldo Ferreira, presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), à qual o hospital está vinculado, para garantir melhorias na unidade de saúde.

“Esta é uma unidade de saúde extremamente importante porque atende milhares de pessoas todos os anos na Paraíba. Agora, inclusive, contribuiu para salvar a vida de pacientes de Manaus na emergência da falta de oxigênio. O HU tem que ser tratado com muita atenção porque é um hospital que atende todo o Estado e também responsável por formação e pesquisa na área de saúde,” disse.

Durante a reunião, que contou com integrantes da equipe técnica da EBSERH, Ruy alertou para os problemas de infraestrutura existentes atualmente no hospital, como a fachada, que está cedendo. “O HU tem vários problemas de infraestrutura e esse tema tem que ser tratado com urgência. Muito importantes esses melhoramentos no prédio, sobretudo na fachada que é muito antiga e está ruindo”, acrescentou.

Ruy também informou à direção da estatal que está articulando a bancada de deputados e senadores da Paraíba para destinar recursos de emendas parlamentares a investimentos no hospital. O presidente da EBSERH, Oswaldo Ferreira, sinalizou também que será realizado um aporte de recursos com esse objetivo.

Além do General Oswaldo Ferreira, participaram da reunião Erlon César Dengo, diretor de administração e infraestrutura; Coronel Rubens Leão, chefe da assessoria parlamentar e Rogério Antônio, assessor.

Assessoria

Prefeita Aliny Povão nomeia esposo, parente, ex-prefeito, ex-primeira-dama e até a mãe de Pedrito no secretariado; VEJA LISTA

O voto de gratidão e subserviência da prefeita Aliny Povão (DEM), da cidade de Cruz do Espírito Santo, ao ex-prefeito Pedrito ultrapassou os limites do bom-senso.

De uma tacada só a atual gestora nomeou o ex-prefeito e principal padrinho político como secretário de Planejamento, a ex-primeira-dama, esposa de Pedrito, Germana Machado para a Assistência Social e não satisfeita ainda nomeou a mãe do seu mandatário, Lúcia Maria para ser a titular da secretaria de Meio Ambiente.

Achando pouco o trem da alegria de nomeações, Aliny Povão ainda nomeou o seu marido Hugo Hemiliano como seu chefe de gabinete e sua irmã Anabelly Cunha como secretária de Saúde.

Vale ressaltar que todos os atos e nomeações foram publicados com orgulho nas redes sociais da gestora.

Agindo literalmente com mão de ferro, a prefeita Aliny Povão desdenha da população bastante sofrida de Cruz do Espírito Santo.

Como se não bastasse a falta de respeito com o erário público, Aliny pratica nepotismo, já que mesmo as nomeações sendo legais a gestora age de forma imoral ao dar três secretarias ao seu padrinho e achegados políticos.

Dá pra perceber o grau de subserviência de Aliny a Pedrito, primeiro ministro de Cruz do Espírito Santo. Resta saber quem mandará na caneta na cidade, criador ou criatura e se na terra que produz cachaça, a população e o Ministério Público permanecerão embebecidos ante essa excrecência com o erário público.

Veja as nomeações:

Pedro Gomes Pereira (ex-prefeito Pedrito): secretário de Planejamento

Anabelly Cunha da Silva: secretária de Saúde

Germana Machado Lima: secretária de Assistência Social

Hugo Hemiliano Farias Silva: Chefe de Gabinete

Lúcia Maria da Conceição C. da Cunha: secretária de Meio Ambiente

Blog do Henrique Ninja

Radialista anuncia rompimento de Gervásio com Ricardo Coutinho e diz que esposa do ex-governador insultou o deputado

Não é segredo pra ninguém que o affair entre o deputado federal Gervásio Maia e Ricardo Coutinho chegou ao fim. E por vários motivos; preso na Calvário, RC está mais queimado que carvão em dia de festa, e Gervásio não está aguentando a seca e quer voltar a tirar uma casquinha do governo do Estado.

O radialista Sales Dantas comentou nesta quarta, 27, que Gervásio e RC tiveram uma discussão forte, inclusive com direito a insultos por parte de Amanda Rodrigues, ex-quase-primeira-dama de João Pessoa. Segundo o radialista, RC queria que Gervásio organizasse uma tropa para fazer oposição ao governador. Confira o áudio;

 

Parcerias entre prefeitura e governo do Estado marcam início da gestão de Cícero Lucena

O prefeito Cícero Lucena e o governador João Azevedo já se reuniram duas vezes em menos de 30 dias. Na pauta, parcerias entre a prefeitura e o governo do Estado, como a modernização da Estação Ciência, criação do comitê de saneamento básico, parcerias na área da segurança, o programa Opera João Pessoa; que busca zerar uma fila de quase cinco mil cirurgias eletivas no município, entre outros.

Se a parceria entre ambos também se estender para as eleições, Cícero Lucena terá um bom mote para pedir votos para a reeleição de João Azevedo. E o eleitor de João Pessoa terá um bom motivo para votar no governador.

Governo Bolsonaro pagou R$ 162 por cada lata de leite condensado; empresa é de mãe de pastor

Numa busca detalhada sobre a compra do leite condensado pelo governo federal, tão falado nesta terça-feira (26) após a divulgação da lista da aquisição dos alimentos de 2020 pelos órgãos do Executivo federal, é possível identificar o valor unitário de cada lata: R$ 162.

Uma pesquisa feita pelo jornalista e advogado Fernando Boscardin no Twitter revelou que a empresa do setor alimentício “Saúde & Vida Comercial de Alimentos Eireli” faturou R$ 37 milhões por meio de contratos com o governo federal. Deste total, R$ 12 milhões foram pagos pelo Ministério da Defesa. A apuração foi feita com base em documentos que constam no Portal da Transparência, que foi tirado do ar na noite desta terça-feira (26).

A empresa pertence a Azenate Barreto Abreu, casada com o pastor Elvio Rosemberg da Silva Abreu e mãe de Elvio Rosemberg da Silva Abreu Júnior. Júnior também fez negócio da ordem de R$ 25 milhões junto ao governo.

Os mais de R$ 15 milhões gastos na compra do produto renderam nada menos do que cerca de 2,5 milhões de latas, ou seja, 7.200 latas por dia ao longo do ano passado. De acordo com as especificações da compra, o objetivo foi “cobrir despesa com aquisição de gênero alimentício para o aprovisionamento”.

A fornecedora do produto foi a empresa “Saúde & Vida Comercial de Alimentos Eireli”, de Brasília, que é classificada como Micro Empresa. A deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ) informou pelo Twitter sobre seu endereço:

“O endereço da grande empresa que forneceu mais de -> 15 milhões de reais <- em leite condensado fica no subsolo de um pequeno prédio comercial no bairro residencial do Sudoeste, em Brasília. Aparentemente, não é uma sede grande responsável por compras em milhões”.

Outros gastos exorbitantes e cujas explicações são demandadas desde a divulgação da lista foram R$ 1 milhão em alfafa, R$ 2 milhões com chiclete e R$ 6,6 milhões com bombom, entre outros.

O PSOL pediu à PGR investigação sobre escândalo das compras. E o ex-presidenciável Ciro Gomes anunciou que irá à Justiça pedir explicações.