A guerra fria entre Zennedy e Diego Tavares

A disputa interna pela preferência de Luciano Cartaxo para a sucessão municipal entre os secretários Zennedy e Diego Tavares começa a tensionar.

Fontes informaram que Zennedy considera um suicídio eleitoral apostar em Diego por conta dos áudios nada republicanos vazados pela ORCRIM Girassol no começo do ano. E dizem que a cereja do bolo foi guardada para a campanha.

A guerra fria está apenas começando…

Em nota, blogs de política do estado criticam a censura por parte de juízes de primeira instância

Nos últimos meses, principalmente após a deflagração da Operação Calvário, blogs de política têm sido vítimas de censura por parte de juízes e juízas de primeiro grau. Liminares sem o menor fundamento jurídico são deferidas para que jornalistas retirem matérias sobre políticos; ferindo de morte os princípios constitucionais da liberdade de pensamento, expressão e imprensa.

No caso mais recente, a juíza Ana Amélia Andrade Alecrim Câmara, da 6ª Vara Cível da Capital, deferiu pedido liminar da deputada estadual Estela Bezerra para retirar matéria do blog Polítika sobre sua evolução patrimonial e um terreno no Altiplano, no qual a deputada declarou ter comprado por apenas R$ 3 mil.

Todas as informações em questão estão no próprio site do TRE, e em nenhum momento o blog caluniou, injuriou ou difamou a deputada, somente ressaltou a evolução patrimonial de 170% em apenas 6 anos, de uma parlamentar, ou seja, uma pessoa pública.

A deputada alega que o blog a acusou irresponsavelmente de ser investigada na Operação Calvário. Mas tal fato resta comprovado em despachos do Ministério Público no âmbito da operação.

Por se tratar de matéria de fato e sem ataques à honra subjetiva e objetiva da deputada, muito menos calúnia, nós jornalistas abaixo-assinados não enxergamos qual perigo de dano ou risco ao resultado útil do processo que imponha a concessão da medida liminar para retirada da publicação antes mesmo da apreciação do mérito.

Repudiamos toda e qualquer forma de censura, bem como o fato da Justiça está sendo utilizada como instrumento de mordaça por aqueles que tem seus interesses políticos contrariados.

Assinam:

Alan Kardec

Heron Cid

Helder Moura

Thiago Moraes

Anderson Soares

Henrique Lima

Ecliton Monteiro

Dércio Alcântara

Marcone Ferreira

Operação Recidiva: foragidos se entregam e têm prisão mantida

Os cinco mandados de prisão expedidos no bojo da operação Recidiva, nesta quarta-feira (21), foram cumpridos. Dois dos suspeitos com mandados em aberto se entregaram à Polícia Federal, nesta quinta. Eles tiveram as prisões preventivas mantidas após passarem por audiência de custódia. Com isso, o engenheiro Sérgio Pessoa Araújo e o empresário Francisco Amilton foram fazer companhia, na cadeia, aos ex-prefeitos Edvan Félix, de Catingueira, e Damísio Mangueira, de Triunfo, além do secretário municipal Samuel Zariff Marinho de Araújo, de Santo André.

Sérgio e José Edvan foram encaminhados para o Presídio Regional de Patos, em sala especial para diplomados por nível superior. Damísio está preso no batalhão de Polícia Militar de Patos, em sala de Estado-Maior, porque é advogado. Já Samuel Zariff e Francisco Amilton estão em cela comum no Presídio Regional de Patos. Todos são acusados de envolvimento em crimes de dispensa ilegal de licitação, fraude licitatória, associação criminosa, peculato, corrupção passiva e ativa, além de lavagem de dinheiro.

As fraudes descobertas nesta quarta fase envolvem aplicação de verbas federais descentralizadas em convênios celebrados com a Fundação Nacional da Saúde (Funasa) nos municípios sertanejos de Ibiara, Santo André, Catingueira e Triunfo. A investigação realizada pelo Ministério Público Federal (MPF), Polícia Federal e Controladoria-Geral da União (CGU), que resultou na deflagração da quarta fase da Operação Recidiva, foi iniciada a partir de desdobramentos decorrentes das fases anteriores.

Afastamento

O assessor de comunicação da Prefeitura Municipal de Ibiara (PB), Bruno Pereira Vieira da Silva, terá de ficar afastado da função pública por prazo indeterminado. O juiz da 14ª Vara da Justiça Federal em Patos justificou o afastamento de Bruno por ele ter se valido da função de assessor da Prefeitura de Ibiara para, no contexto da viabilização de desvios de verbas públicas, auferir vantagem indevida. “Desse modo, se não for afastado daquela condição, é bastante provável que volte a delinquir, em especial porque, os diálogos não deixam dúvidas, o quadro é de corrupção sistêmica e porque os convênios 854921/2017 e 857478/2017 ainda se encontram em vigor”, declarou o magistrado na decisão.

Suetoni Souto Maior

VÍDEO: Presidente da Câmara de Bayeux diz que Berg Lima tem a vida e o CPF sujos

O presidente da Câmara de Bayeux, Jefferson Kita, PSB, usou a tribuna da Casa Legislativa nesta quinta-feira (21) para rebater uma denúncia protocolada por um servidor contratado da gestão Berg Lima, contra ele na Secretaria da Casa.

Kita chamou atenção para o fato de que tanto o denunciante Cláudio Teixeira Junior,  que é funcionário da Secretaria Municipal de Saúde, quanto seu acompanhante Gilverlano Pereira de Medeiros, que é lotado na Seinfra, são contratados por excepcional interesse público pela Prefeitura. E para piorar o fato, imagens comprovam que, chegaram em um automóvel da Prefeitura, em horário de expediente, o que flagrantemente ataca princípios que gerem a administração pública.

Para Jefferson Kita, houve por parte do gestor a produção de provas contra si mesmo, uma vez que pessoas ligadas diretamente a ele, contratadas pela sua administração, foram as responsáveis pelo protocolamento das denúncias. Revelando o flagrante usso da Máquina Pública para fins pessoais

O parlamentar atribui a denúncia a uma armação política do prefeito Berg Lima, com o claro objetivo de tirar o foco das denúncias acatadas recentemente pela Casa. “O prefeito juntamente com seus auxiliares, capachos e todos os que ele comanda para tentar coagir essa Casa, para tentar intimidar, porque essa Casa vem se mantendo firme na sua prerrogativa de fiscalizar”.

Kita ressaltou que o prefeito conspira para criar um ambiente político nebuloso, a partir de fake news, denúncias falsas e ataques pessoais. “Prefeito, não se preocupe não que suas denúncias, seus fake news não prosperam”.

O presidente elevou ainda mais o tom e se remeteu aos muitos episódios de corrupção nos quais o prefeito está envolvido “Porque diferente do senhor, que tem uma vida suja e um CPF sujo, eu tenho um CPF limpo e uma vida limpa. Nunca tive nenhum tipo de irregularidade contra minha pessoa”.

Kita ainda deu uma última batida e disparou: “O senhor envergonha Bayeux”.

PN

Polícia Civil investiga participação de Carlos Bolsonaro no assassinato de Marielle Franco

A Polícia Civil trabalha com uma nova hipótese no assassinato da vereadora Marielle Franco e de seu motorista Anderson Gomes. De acordo com o colunista Kennedy Alencar, da Rádio CBN, nos bastidores das linhas de investigação, comenta-se o envolvimento do vereador Carlos Bolsonaro no caso. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira.

Segundo o colunista, Carlos e Marielle tiveram uma discussão pública na Câmara Municipal do Rio e haveria relatos de que o vereador se recusava a entrar no elevador se a parlamentar estivesse dentro.

Ainda de acordo com Kennedy, a linha de investigação mostrou que o vereador teria relação próxima com Ronnie Lessa, conhecido assassino profissional do Rio acusado de ter disparado contra Marielle e Anderson. A polícia trata com cautela essa hipótese, mas ela faz parte da apuração do caso.

Monte Horebe comemora 58 anos de emancipação política

A prefeitura municipal de Monte Horebe fechou hoje, numa reunião que teve a participação de vereadores, secretários e demais servidores do município, a programação de eventos em homenagem aos 58 anos de emancipação do município. Emancipado em 5 dezembro de 1961, o município aproveita mais uma vez a data de aniversário para promover eventos cívicos e festivos de estímulo à cidadania e a confraternização entre os moradores e visitantes.

Toda a estrutura da gestão está empenhada na realização dos eventos com o objetivo de realizar uma grande festa que, além de divertir e confraternizar, promova também a cidadania, o cuidado com os bens públicos e o desenvolvimento de setores fundamentais da gestão como, entre outros, a educação, a saúde e a ação social, de forma a contemplar os diversos segmentos da comunidade.

Para Márcia Nogueira, coordenadora geral da educação do município, “a comemoração é voltada para o fomento e a repercussão da história, das relações sociais e do estímulo a cidadania dos horebenses. As secretarias municipais participam de forma integrada com o objetivo de envolver os moradores de todas as idades e segmentos. Este ano teremos, inclusive, uma programação voltada para os bebês e, naturalmente, suas famílias”, afirma a professora e coordenadora.

Atrações

Entre as atrações estarão o cantor gospel Irmão Lázaro. O ex-integrante da banda baiana Olodum, hoje tem a carreira voltada a música cristã e se apresentará no dia 05/12. Já a parte profana, no dia 06/12, terá como atrações o cantor Forró sem Prejuízo, Alyssin Vieira e encerrando a programação a banda Forró Pegado.

Para o prefeito de Monte Horebe, Marcos Eron, o evento também busca estimular a autoestima e o protagonismos dos moradores, “estamos constantemente buscando a integração entre a gestão e a comunidade em função do desenvolvimento social e econômico para Monte Horebe. Temos uma cidade e um povo de imenso potencial e eventos como a comemoração do aniversário de emancipação nos servem também para valorizarmos a nossa história e para unirmos forças e ideias na construção de um futuro melhor para o nosso povo e o nosso lugar”, afirma Eron.

ASCOM

VERGONHA PARTE II: Suspeito de ligação com milícias e lavagem de dinheiro, Flávio Bolsonaro grava vídeo para minimizar descortesia do pai com Cabo Gilberto

O deputado estadual Cabo Gilberto tentou consertar a vergonha que passou com o presidente Bolsonaro, divulgando um vídeo com o filho, Flávio Bolsonaro, mas a emenda saiu pior que o soneto.

O problema é que Cabo Gilberto usa de dois pesos e duas medidas quando o assunto é corrupção e, pelo que parece, também tem o seu bandido de estimação.

O Ministério Público do Rio de Janeiro vê indícios de que o senador Flávio Bolsonaro comprou e vendeu imóveis para lavar dinheiro. Entre 2010 e 2017, quando ainda era deputado estadual, Flávio investiu 9,425 milhões de reais na compra de 19 imóveis, entre salas e apartamentos, e lucrou 3,089 milhões nessas transações imobiliárias.

Em documento sigiloso obtido pela revista Veja, a promotoria, que conseguiu na Justiça a quebra do sigilo bancário e fiscal de 95 pessoas e empresas relacionadas ao senador, identificou “suspeitas de subfaturamento nas compras e superfaturamento nas vendas” dos imóveis.

Para o MP, a fraude pode ter ocorrido para “simular ganhos de capital fictícios” de modo a encobrir “o enriquecimento ilícito decorrente dos desvios dos recursos” da Assembleia Legislativa, coordenado por Queiroz, que chefiava o esquema dos assessores laranjas.

Era melhor o Cabo ter engolido a ‘mitada’ do Mito a seco…

 

VÍDEO: Ruy chama de irresponsável manobra de deputados por não votarem Médicos pelo Brasil

O deputado federal Ruy Carneiro foi duro com os parlamentares que estão usando o programa Médicos pelo Brasil para mostrar insatisfação com o Governo Federal. O protesto foi feito nesta quarta-feira (20) no plenário da Câmara.

“Insensibilidade e irresponsabilidade são palavras que definem a postura de parlamentares que não colocam em pauta na Câmara a aprovação do programa Médicos pelo Brasil”, aponta o deputado paraibano.

 

A revolta de Ruy tem um forte motivo: se não for votado até o próximo dia 28, o projeto que quer levar mais de 18 mil médicos da família e comunidade para as regiões mais pobres do País – principalmente Norte e Nordeste -, pode perder a validade.

Ruy foi presidente da comissão que avaliou a Medida Provisória (MP 890) de criação do Médicos pelo Brasil. Após ser aperfeiçoada por esta mesma comissão, com a participação da comunidade médica brasileira, a proposta está pronta para votação em plenário há quase um mês.

Em suas redes sociais, Ruy divulgou trecho dos dura cobrança que fez aos deputados.

“Os deputados, que têm plano de saúde, estão sendo cruéis com o cidadão mais pobre, a exemplo daquele que mora no interior da Paraíba”, protesta o deputado.

VÍDEO: Cabo Gilberto passa vergonha ao tietar Bolsonaro em Brasília

Dizem que bolsomínion não pode ver uma vergonha que já quer passar. Brincadeiras à parte, o deputado estadual Cabo Gilberto foi tietar Bolsonaro em Brasília e acabou passando vergonha.

Ficou evidente o constrangimento do parlamentar ao não ser reconhecido pelo presidente, mesmo se apresentando.

Será que o deputado gostou da ‘mitada’ do Mito? Que sirva de lição.

Em apenas 7 meses, prefeito ex-presidiário de Bayeux aumentou a folha de pessoal em 73%

De acordo com dados do Tribunal de Contas do Estado, o prefeito ex-presidiário de Bayeux, Berg Lima, aumentou a folha de pessoal em 73%. Foram 960 novas contratações nos 7 primeiros meses de 2019.

Berg voltou à prefeitura depois de ser preso em flagrante por corrupção, graças a uma liminar no STJ, em dezembro de 2018. E retornou com muita fome, raspando o fundo da panela.

Enquanto Berg Lima compra a dignidade de algumas pessoas com cargos, na cidade falta até paracetamol nos postos de saúde. O caos é generalizado e o lixo está tomando conta das ruas de Bayeux há dias.