Por que Lula e Gleisi Hoffmann querem tanto filiar o Sérgio Cabral da PB ao PT?

Ex-presidiário e inelegível após condenação no TSE, Ricardo Coutinho virou o Sérgio Cabral da Paraíba após ser gravado pelo próprio comparsa negociando propina num esquema que desviou mais de R$ 130 milhões apenas da Saúde.

Qualquer partido sério iria querer distância do Aécio Neves das esquerdas, menos o PT de Lula e Gleisi Hoffmam. Nem o PSB quer mais o basculho, que ainda não foi expulso da legenda por pena. O eleitor de João Pessoa também o rejeitou em 2020, quando RC amargou o sexto lugar na disputa pela prefeitura.

Ricardo também é enjeitado pela executiva do PT da Paraíba, que por 10 a 8 negou o reingresso do ex-governador, que abandonou a legenda em 2003 para disputar a prefeitura de João Pessoa.

Cheio de problemas éticos e morais, o Partido dos Trabalhadores deveria selecionar melhor os seus quadros. O vídeo a seguir não desperta nenhum constrangimento na direção nacional do PT? Se a resposta for não, devemos torcer para o partido jamais voltar ao poder.

 

 

“Moradia digna para as famílias assentadas em Pitimbu”, diz Efraim ao entregar títulos de posse

O deputado federal Efraim Filho participou na última segunda, 02, de com mais uma entrega de títulos de posse no litoral sul da Paraíba. Foram 30 títulos definitivos de posse para famílias do assentamento “1° de Março”, no município de Pitimbu.

“É com enorme satisfação que tenho a honra de estar aqui e poder participar da entrega simbólica desses títulos de propriedade para incorporar o patrimônio do homem e da mulher da zona rural. Agora eles deixam de ser assentados para serem proprietários rurais, verdadeiros donos. Uma forma de garantia caso queiram um crédito numa agência bancária para avançar na sua propriedade, no desenvolvimento de suas atividades”, comenta Efraim.

Receberam os benefícios famílias de agricultores que não possuem registro em cartório das suas propriedades. O grande objetivo foi promover a regularização fundiária da região e completar mais um ciclo da reforma agrária, emancipando essas famílias e dando a eles essa oportunidade, uma conquista no presente e uma herança para o futuro. O trabalho vem se desenvolvendo em parceria dos municípios com o Incra.

Estavam presentes na solenidade o superintendente regional do Incra na Paraíba, Kleyber Oliveira da Nóbrega, os deputados federal, Efraim Filho, e estadual, Branco Mendes, o prefeito de Caaporã, Kiko Monteiro, e a vice-prefeita de Caaporã, Isabele Edjanir “Didi” Irineu dos Santos, o Secretário Municipal de Desenvolvimento da Agricultura de Pitimbu, Edvaldo Xavier da Silva, o ex-prefeito de Pitimbu, Leonardo Barbalho, e o presidente da Associação dos Assentamentos de Pitimbu, Elizeu Antônio dos Santos.

Leo Bandeira distribui mais de 100 cargos para manter vereadores calados

Não existe oposição na Câmara Municipal de Lucena, e por um simples motivo. O prefeito Leo Bandeira, mais conhecido como Leo Preguiça, cooptou todos os vereadores ao distribuir mais de 100 cargos comissionados e contratados para seus familiares. Tal prática justifica o estouro na folha de pessoal, que hoje conta com 582 apadrinhados políticos, contra 329 da gestão passada.

Grande parte dos parentes dos vereadores sequer vão trabalhar, e várias denúncias já foram feitas no Ministério Público apontando os fantasmas na gestão.

Uma fonte ligada ao prefeito revelou ao blog que apenas o presidente da Câmara, Keninho, possui mais de 15 cargos na gestão.

A maior folha de pessoal da história de Lucena traz consequências diretas para a cidade, pois os serviços públicos pioraram e nenhuma obra prometida por Leo Bandeira saiu do papel.

Leo Preguiça vai se confirmando como o maior estelionato eleitoral de Lucena.

ESPOSA, IRMÃS, MADRASTA E CUNHADO: Família do prefeito de Lucena custa quase R$ 30 mil por mês aos cofres públicos da cidade

 

Prefeitura de Lucena comprou R$ 239 mil em testes rápidos de covid-19, mas população denuncia falta de testagem em massa

Moradores de Lucena denunciaram ao blog que a prefeitura comprou 5 mil testes de covid-19 ao valor de R$ 239 mil, mas uma campanha de testagem em massa jamais foi realizada pela atual gestão. É uma quantidade muita alta, considerando que a cidade possui apenas 13 mil moradores, ou seja, daria para testar mais da metade da população adulta:

A compra foi realizada com dispensa de licitação, assim como outras em benefício à empresa Rubenita Alexandre Soares de Pinho, localizada no bairro Tambiá, em João Pessoa:

Além de não realizar testagem em massa na população, Lucena é uma das cidades que menos vacina na grande João Pessoa, com uma cobertura de apenas 18%, enquanto a cobertura estadual se aproxima dos 50%.

DESTAQUE NO JPB: Gestão ineficiente de Leo Bandeira atrasa vacinação em Lucena; cidade ainda está imunizando pessoas com 50 anos

 

MBL realiza buzinaço contra Bolsonaro e convoca manifestação para o dia 12 de Setembro em João pessoa

O Movimento Brasil Livre (MBL) realizou na última sexta-feira (30) um buzinaço pedindo “Fora, Bolsonaro” em uma passarela da Estrada de Cabedelo.

O movimento, conhecido por ser um dos responsáveis por suas manifestações pelo impeachment da ex-presidente eleita pelo PT, Dilma Rousseff, agora também milita abertamente em oposição ao presidente Jair Bolsonaro.

“Se no passado recente não aceitamos o PT e todas as suas falcatruas, por que aceitaremos Bolsonaro e suas interferências em órgãos públicos para proteger sua família, o seu descaso na pandemia, o seu toma-lá-dá-cá com corruptos condenados, alguns em segunda instância, do centrão, a recriação de ministérios para apadrinhar aliados, a indicação de parentes de aliados políticos em cargos públicos, o descumprimento de promessas de campanhas e todos os demais absurdos?”, disse Rebeca Morais, colegiada do MBL PB.

No ato, realizado por uma representação dos membros do movimento e sem o público externo, o movimento também convidou a população paraibana a se juntar a eles, no dia 12 de Setembro, onde se prevê que toda a população 18+ já esteja vacinada, a comparecer, de máscara, em uma manifestação da chamada terceira via contra as ditas “traições” do governo.

“Estamos indo às ruas aos poucos para mostrarmos que acreditamos em um Brasil livre. Já vimos que nem Lula e nem Bolsonaro acreditam ou lutam pelo nosso país, ambos se mostraram péssimos líderes e deixaram os brasileiros sofrerem graves consequências. Estamos indo às ruas para mostrar que não aguentamos mais, queremos uma terceira via, queremos um Brasil verdadeiramente livre e não vamos aceitar nenhum presidente que ameace a liberdade do nosso país. Se você acredita nisso, se você também está cansado, venha conosco no dia 12/9, vamos mostrar o nosso repúdio ao atual presidente”, disse Gabriela Costa, outra colegiada do MBL PB.

O evento ocorrerá no Largo da Gameleira, com o horário ainda a combinar mas com previsão para ser no horário da tarde. Mais informações sobre a manifestação poderão ser respondidas pelo Instagram @mblivrepb.

Gado bolsonarista não segue o comando do berrante e manifestações pelo voto impresso fracassam

O gado bolsonarista está cada vez mais descrente com o genocida e não fez questão de comparecer às manifestações pelo voto impresso.

Nas redes sociais, internautas destacaram a baixa adesão de pessoas em algumas manifestações. Confira algumas reações:

‘Eu sempre fui do Centrão’, volta a dizer Bolsonaro

Jair Bolsonaro voltou a dizer nesta segunda-feira (2) pertence ao Centrão. Em entrevista à rádio ABC de Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, o presidente comentou a nomeação do cacique do PP Ciro Nogueira para a Casa Civil.

Há duas semanas, Bolsonaro disse que “Centrão” é um termo pejorativo e que ele próprio já pertenceu ao bloco partidário.

Hoje, para não deixar dúvidas, o presidente afirmou que “sempre foi” do Centrão.

“Aqui (na Casa Civil), abriu para o Ciro Nogueira, que o pessoal fala ‘Centrão’. Olha, senta na minha cadeira e governe sem o voto de mais da metade dos parlamentares que são aí do Centrão. Senta aqui. Aprove PEC, aprove Pronampe, aprove o auxílio emergencial. É fácil usar ‘Centrão’ de forma pejorativa. Eu sempre fui do Centrão. Não podemos simplesmente achar que o Centrão está fora do destino do Brasil. É o que eu tenho para governar, e tenho me dado muito bem com essas pessoas.”

O Antagonista

Ruy Carneiro defende projetos na saúde e auxílio econômico para conter efeitos da pandemia

A Câmara dos Deputados retoma os trabalhos esta segunda-feira (2). O deputado Federal Ruy Carneiro afirmou que em sua agenda legislativa devem constar ações de atenção à saúde pós covid, direitos das gestantes e temas relacionados aos gastos parlamentares.

A saúde das pessoas continua sendo uma das principais bandeiras de Ruy Carneiro, por isso, o parlamentar deve voltar atenção das necessidades da população pós covid-19. Neste sentido, Ruy deve apresentar ações voltadas à reabilitação e à saúde mental. “Entre as pautas, também tenho preocupação com a retomada do desenvolvimento econômico do país e ressalta a importância do apoio às pessoas mais necessitadas neste momento de crise. Por isso, trarei esse debate á Câmara”, comenta.

Propostas

Há em tramitação na casa uma série de projetos do parlamentar. Segundo o parlamentar, a ideia é tentar dar andamento a essas pautas agora neste segundo semestre. No âmbito econômico, o deputado busca auxiliar empresas que sofrem com os impactos da pandemia. Um dos projetos de Ruy, o PL 3345/2020, prevê o Parcelamento às Empresas Durante a Pandemia. A partir do texto, seria instituído o parcelamento de tributos federais devidos por pessoas jurídicas, que tiverem sido prorrogados em função dos impactos da pandemia da Covid-19.

Outra temática que terá atenção do parlamentar é a PEC das Grávidas (PEC 163/19). A Proposta de Emenda à Constituição garante estabilidade no emprego para a empregada gestante, qualquer que seja a modalidade de vínculo empregatício – inclusive para cargo em comissão – desde a confirmação da gravidez até cinco meses após o parto.

Hoje, a Constituição assegura os direitos das mulheres grávidas contratadas no serviço público ou em regime CLT. Nesta proposta incluem-se as grávidas que exercem cargo em comissão ou de confiança e as contratadas por prazo determinado (inclusive contratos para atender necessidade temporária de excepcional interesse pública, ou admitida a título precário). A proposta recebeu o aval de admissibilidade em março deste ano, e deve ir à plenário para votação.

“Não há diferença na gravidez de uma mulher que é concursada em relação a outra que é apenas comissionada, ou entre uma grávida que tem a Carteira de Trabalho assinada e outra que não a tem”, explicou Ruy Carneiro.

Ruy ainda busca colocar em pauta para votação em plenário, o fim do auxilio mudança para os deputados, uma proposta de Decreto Legislativo que visa acabar com o Auxílio Mudança aos Deputados Federais. Atualmente no início e final de cada legislatura os Deputados recebem mais de 30 mil reais como benefício. Ruy Carneiro abdicou deste direito desde o início do mandato.

Assessoria

Ciro Gomes lidera terceira via contra Lula e Bolsonaro, mostra pesquisa

Ciro Gomes (PDT) lidera a preferência dos eleitores da chamada ‘terceira via’ contra Lula e Bolsonaro na disputa ao Planalto em 2022, mostra pesquisa da Futura Inteligência em parceria com o Modalmais, divulgada nesta quarta, 28.

O ex-governador do Ceará aparece em terceiro lugar no ranking em todos os cenários.

Na simulação mais vantajosa, Ciro tem 13,3% da intenção de votos, atrás de Bolsonaro (28,7%) e Lula (40,9%).

A senadora Simone Tebet, que integra a CPI da Pandemia e tem feito duras críticas ao governo durante as investigações sobre a compra de vacinas, aparece com 2,7%.

Num cenário com mais candidatos, Ciro tem 6,6% da intenção de votos, à frente de nomes como o ex-juiz Sergio Moro (6,3%), o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (3,4%) e o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (3%).

A pesquisa entrevistou 2.006 pessoas nas cinco regiões do país entre os dias 23 e 26 de julho.