Com a coleta de lixo mais cara da Paraíba, ofensiva de Emerson Panta contra a Cagepa precisa ser investigada

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

O Ministério Público precisar investigar as intenções do prefeito de Santa Rita, Emerson Panta, ao municipalizar o sistema de água e esgotos da cidade, retirando o serviço da competência da Cagepa.

O ex-prefeito Reginaldo Pereira, por exemplo, afirma que já lhe ofereceram propina para municipalizar os serviços, mas ele manteve a Cagepa operando.

Santa Rita hoje tem a coleta de lixo mais cara da Paraíba. No ano de 2021, por exemplo, a gestão de Panta gastou quase R$ 24 milhões com limpeza urbana. O valor é superior ao que foi gasto pela prefeitura de Campina Grande (R$ 21 milhões), mas com um detalhe; Campina tem uma população quatro vezes maior que Santa Rita.

Custo da coleta de lixo em Santa Rita, de acordo com dados do TCE:

Campina Grande

Se a nova empresa contratada por Emerson Panta seguir esta mesma lógica de preço, a população de Santa Rita já pode preparar o bolso para pagar a água mais cara da Paraíba.

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
Candidatura de Pedro não empolga e Cássio pode entrar em campo

Candidatura de Pedro não empolga e Cássio pode entrar em campo

O deputado federal Pedro Cunha Lima bem que tentou, mas sua pré-candidatura não empolgou o eleitor paraibano. De acordo com…
O tempo mostrou que Efraim agiu certo

O tempo mostrou que Efraim agiu certo

Meses após o rompimento do deputado federal Efraim Filho com João Azevedo, o governador segue sem senador e Efraim lidera…
Desesperado, Veneziano cutucou quem não devia

Desesperado, Veneziano cutucou quem não devia

Se a situação de Veneziano já não estava boa, diante da iminente rasteira que vai levar do PT, que deverá…
Chora, Vené!

Chora, Vené!

Sem acreditar na rasteira que chegará nos próximos dias, o senador Veneziano Vital tachou de irrelevante a articulação do PSB…

Siga-nos Facebook