Possível mudança de partido não afeta favoritismo de Cartaxo

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

As pesquisas de opinião demonstram que em média 3 a 5% do eleitor brasileiro tem um partido de estimação. O que não é novidade, pois o brasileiro, em sua grande maioria, não vota no partido, vota na figura política.

A suposta mudança de partido do pré-candidato a governador, Luciano Cartaxo, não deve alterar em nada o seu favoritismo. Principalmente na Paraíba, onde o eleitor já foi do 15 para o 40, passando pelo 45 sem nenhum constrangimento.

Comentar com Facebook

Comentários

Últimas notícias

Opinião

Mais lidas