pmjp 1

Renúncia de Berg Lima é para evitar uma nova prisão

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

O malandro mais ilustre de Bayeux gosta muito de dinheiro e não renunciaria a 5 salários de R$ 20 mil, que teria direito até dezembro por nada, em vão. Berg estava com medo de voltar para a cadeia, principalmente após a denúncia revelada pelo blog sobre a ‘venda’ da renúncia por R$ 50 mil/mês para tentar eleger a vereadora França numa eleição indireta na Câmara.

Renunciando ao cargo, Berg Lima perde o foro privilegiado e seus processos serão julgado em 1° instância, saindo da esfera do Tribunal de Justiça, onde um dos relatores desses mesmos processos é o Desembargador Ricardo Vital, que teria pronto para despacho mais um mandado de prisão contra o já condenado prefeito bayeuxense.

Patrimônio oficial de Ricardo Coutinho supera 6 milhões de reais e cresceu 650% enquanto governador

 

Comentar com Facebook

Comentários

Notícias relacionadas
“Não defendo aumento de carga tributária”, afirma Aguinaldo ao se mostrar contrário a imposto nos moldes da antiga CPMF

“Não defendo aumento de carga tributária”, afirma Aguinaldo ao se mostrar contrário a imposto nos moldes da antiga CPMF

Um sistema tributário mais simples, transparente e justo, para que não pese tanto no bolso dos contribuintes, sobretudo dos mais…
Coren PB emite Nota de Repúdio diante de declarações de pré-candidato à Prefeitura de Princesa Isabel

Coren PB emite Nota de Repúdio diante de declarações de pré-candidato à Prefeitura de Princesa Isabel

O Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba (Coren-PB) emitiu nesta terça-feira (04) Nota de Repúdio diante das declarações do pré-candidato…
COINCIDÊNCIA? Ricardo Coutinho 'vendeu' apartamento de meio milhão para o filho semanas após as primeiras prisões da Operação Calvário

COINCIDÊNCIA? Ricardo Coutinho 'vendeu' apartamento de meio milhão para o filho semanas após as primeiras prisões da Operação Calvário

As últimas movimentações do ex-governador Ricardo Coutinho são repletas de coincidências. Vejamos mais uma. Duas semanas após a Operação Calvário…

Siga-nos Facebook

pmjp2