Operação Calvário investiga figurão que recebeu caixas de dinheiro da Cruz Vermelha para a campanha de Ricardo Coutinho em 2014

O que um episódio ocorrido em 23 de setembro de 2014 tem a ver com as investigações da Operação Calvário? Naquele dia, a senhora Michelle Lousada Cardozo veio do Rio de Janeiro à Paraíba num voo fretado, trazendo tubos de oxigênio para socorrer a campanha de Ricardo Coutinho, que disputava a reeleição e estava na iminência de perder para o então senador Cássio Cunha Lima.

Onde se lê tubos de oxigênio também pode ser lido caixas de dinheiro, porque foi essa informação que a força tarefa da Operação Calvário apurou. Naquele momento da campanha, Cássio estava à frente nas pesquisas, o que acendeu a luz de advertência da campanha de Ricardo Coutinho. E Cássio, como se sabe, efetivamente venceu a disputa em primeiro turno, com 965.397 votos. RC obteve 937.009 votos.

A força tarefa descobriu, através de mensagens em celulares de Michelle, Daniel e outros como todos estavam apreensivos com a iminência da derrota de Ricardo Coutinho. Nas mensagens, Michelle manifesta desespero e pânico com o desfecho do segundo turno, que talvez necessitasse de uma nova viagem de urgência à Paraíba além daquela de 23 de setembro…

Mas, Michelle, conforme apurado pela força tarefa, não precisou vir à Paraíba às vésperas do segundo turno, trazer o adjutório. Um emissário foi ao Rio de Janeiro pegar. Agora, o que a força tarefa está investigando é sobre quem foi o figurão que recebeu os tais tubos de oxigênio, ou as caixas de dinheiro, como se queira, de Michelle. Quem recebeu na Paraíba e quem foi ao Rio de Janeiro receber.

Helder Moura

VÍDEO: Ex-esposa de Ricardo Coutinho confirma para a Justiça ter encontrado “caixas de dinheiro” em guarda-roupa da Granja Santana

Durante o programa Intrometidos, exibido em 24 de outubro de 2016, a ex-primeira-dama Pâmela Bório revelou que, certo dia, quando ainda era esposa de Ricardo Coutinho, ao procurar taças de cristal, ela encontrou misteriosas “caixas de dinheiro” num quarto de hóspedes da Granja Santana. “Só sei que  eram muitas caixas, que estavam guardadas lá no guarda-roupa”, afirmou.

“Eu não sabia o que pensar na hora… a justificativa foi que o dinheiro que estava guardando era de diárias de viagens de um carro da campanha”, pontuou Pâmela. Informação similar, inclusive, já havia circulado na Internet, com o depoimento de uma ex-babá da Granja, que fez revelação nos mesmos termos, além de outras de maior gravidade.

Então, durante uma audiência na Justiça, em 20 de novembro de 2018, instada a confirmar a informação em juízo, Pâmela confirmou tudo.

CONFIRA O TRECHO DO INTROMETIDOS COM A REVELAÇÃO DE PÂMELA…

Helder Moura