VERGONHOSO: Daniella Ribeiro pede ressarcimento ao Senado de sorvete de R$ 17 e até cafezinho de R$ 5

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

Estou a me perguntar se Daniella Ribeiro passava fome antes de conquistar uma vaga no Senado. Porque é vergonhoso uma parlamentar – de família tradicional e rica – pedir ressarcimento ao Senado de um sorvete de R$ 17 e um cafezinho de R$ 5.

Eu teria vergonha só em pedir o recibo no estabelecimento.

A fome da senadora por dinheiro público está tão grande que ela não deixa escapar nada. Daqui a pouco aparece um recibo de 15 centavos de xérox.

Mas é bom que ela aproveite, porque em apenas 9 meses o paraibano já percebeu a cagada que fez e certamente este será o último mandato de Daniella.

E pensar que o eleitor trocou Cássio e Luiz Couto por Ella…

SENADORA FAMÍLIA: Imprensa nacional denuncia que Daniella Ribeiro mantém 3 parentes no gabinete ao custo de R$ 630 mil por ano

Comentar com Facebook

Comentários

Últimas notícias

Opinião

Mais lidas

Notícias relacionadas
Líder nas pesquisas, Capitão Antonio oficializa pré-candidatura a prefeito de Bayeux neste sábado

Líder nas pesquisas, Capitão Antonio oficializa pré-candidatura a prefeito de Bayeux neste sábado

Favorito na disputa pela prefeitura de Bayeux, Capitão Antonio oficializa neste sábado sua pré-candidatura a prefeito. Por ser militar, ele…
VÍDEO: Advogado garante que Ricardo Coutinho é o chefe da ORCRIM responsável pelo maior escândalo de corrupção da Paraíba

VÍDEO: Advogado garante que Ricardo Coutinho é o chefe da ORCRIM responsável pelo maior escândalo de corrupção da Paraíba

Durante o programa Intrometidos, na última quinta, 12, o advogado e ex-deputado Gilvan Freire garantiu que Ricardo Coutinho é o…
Tião Lucena mira em João Azevedo, mas acerta em Ricardo Coutinho

Tião Lucena mira em João Azevedo, mas acerta em Ricardo Coutinho

Acho que o relacionamento de Tião Lucena com o seu amado vai azedar depois dessa. Em seu blog, Tião criticou…

Siga-nos Facebook