Além de roubar dinheiro da saúde, o ex-presidiário Ricardo Coutinho está sendo acusado de plágio

O tempo está provando que o ex-presidiário Ricardo Coutinho é uma fraude em todos os sentidos. O político mais honesto da Paraíba virou o mais corrupto. E agora até a sua intelectualidade está em xeque, pois Ricardo Coutinho está sendo acusado de plágio.

Conhecido por sequestrar credibilidades, o corrupto mais ilustre da Paraíba agora é acusado de apropriação intelectual pelo sociólogo César Benjamin, que denunciou em suas redes sociais mais uma desonestidade de RC:

Vou contar uma historinha pouco edificante.

Em torno de fevereiro, entreguei à Fundação João Mangabeira, órgão de estudos ligado ao PSB, o texto “Amazônia: cuidado, frágil”, o oitavo de uma série trimestral que pretendia refletir sobre os grandes problemas do Brasil contemporâneo. O início do governo de Jair Bolsonaro permitia antever o que estava por vir.

Logo em seguida, a direção da Fundação mudou. Ricardo Coutinho assumiu a presidência. Oriundo do PT, logo deixou claro que me detesta. Afinal, eu fui da direção do partido e não me corrompi, o que muitos petistas, até hoje, consideram imperdoável.

Coutinho suspendeu a publicação de toda a minha produção, que incluía mais coisas.

Sobre esse oitavo texto, que eu havia acabado de entregar, sentenciou: “Amazônia não está na agenda política brasileira.”

Fui embora, é claro. Detesto esta combinação de burrice e má-fé. Publiquei o texto aqui na internet.

Há cerca de quinze dias, com a crise na Amazônia chegando ao auge, ele permitiu a publicação. O trabalho já está circulando em versão impressa.

Com dois detalhes.

A foto do próprio Coutinho aparece na página 3, em destaque, falando em um microfone, como se ele mesmo estivesse denunciando o apocalipse ambiental na Amazônia.

E assinou um texto meu.

Quem recebe a versão impressa de “Amazônia: cuidado, frágil” é levado a crer que o texto é de iniciativa do sujeito que o boicotou e interrompeu a série da qual ele fazia parte.

Ricardo Coutinho é um quadro da esquerda brasileira.

Assim marcha a humanidade.

O tempo nos mostrou a verdadeira face de Ricardo Coutinho, um corrupto sedento por propina que se apropria até da intelectualidade alheia.

Ruy garante volume recorde de recursos ao Hospital Napoleão Laureano

Com os mandatos marcados pela atuação na área da saúde, o deputado federal Ruy Carneiro (PSDB) anunciou nesta segunda-feira a liberação de R$ 2,5 milhões em emenda do parlamentar destinada ao custeio do Hospital Napoleão Laureano, em João Pessoa, beneficiando milhares de paraibanos de todo o Estado. Este é o maior volume de recursos para manutenção já conseguido pelo hospital em um único ano.

O Napoleão Laureano realiza cerca de 200 mil atendimentos por ano de pacientes de todas as regiões da Paraíba. Mas, apesar da importância que tem para o sistema público de saúde, vem lutando para superar as dificuldades e assegurar a manutenção plena dos seus serviços.

Segundo a Diretora Geral do Hospital, Thereza Lira, os recursos destinados por Ruy chegam em boa hora: “Essa verba é de extrema importância e dará um grande suporte para nossas despesas”, disse. Para o médico Joni Oliveira, Diretor Técnico do Napoleão, esse recurso vai ajudar a salvar vidas: “Graças a ações deste tipo é que estamos saindo da crise. Agradecemos ao deputado Ruy Carneiro por sempre nos ajudar. Esse é um gesto que vai salvar muitas vidas e evitará a interrupção do tratamento de inúmeros pacientes”, celebrou.

Para Ruy Carneiro, destinar esse valor ao Laureano é uma boa forma de encerrar bem o ano de 2019: “É fundamental fortalecer o trabalho do hospital, que é referência no tratamento do câncer. Ano passado foram quase 200 mil atendimentos. Analisando a atual situação do hospital, vimos que destinar o recurso para custeio é uma forma de desafogar as despesas, que, pelo número de pacientes beneficiados com os serviços do hospital, são volumosas”.

O deputado também enfatizou que vem atuando para garantir mais recursos de custeio, investimentos e serviços para o Napoleão Laureano. Haverá também a conclusão de investimentos já assegurados pelo gabinete de Ruy, a exemplo da inauguração da nova ala de quimioterapia.

Apesar de focar o mandato na segurança pública, Julian Lemos destina mais de R$ 1,5 milhão para o hospital da FAP em CG

Mesmo mantendo o foco do mandato na segurança pública, o deputado federal Julian Lemos não esqueceu de outra prioridade da sociedade; a saúde pública.

Julian garantiu uma emenda de mais de R$ 1,5 milhão para a Fundação Assistencial da Paraíba – FAP em Campina Grande. O valor já está liberado na conta da prefeitura e à disposição da Fundação.

Uma boa notícia de fim de ano para quem depende dos serviços da FAP.

Eu disse, prego que se destaca leva martelada na cabeça…

O que faz uma pessoa defender um político que foi flagrado negociando propina e delatado por seus mais fiéis amigos? Porque uma coisa é um jornalista não pautar fatos negativos sobre um grupo político ao qual milita, outra coisa é defender um corrupto como Ricardo Coutinho.

Gente como Flávio Lúcio e Jackson Macedo, presidente do PT, estão cagando no que ainda resta de esquerda na Paraíba. Se escondem atrás de jargões da moda, como ‘fascismo’ e ‘lawfare’ para defender o indefensável, mas sequer sabem explicar o que é fascismo.

Ricardo foi pego com batom na cueca, mas para os loucos, é tudo armação do judiciário de direita. Porque político de esquerda é 100% honesto.

Só quem perde com isso é o campo progressista, ferido de morte pela roubalheira do PT, e localmente pela sede de Ricardo Coutinho por propina.

A defesa ufanista do professor Flávio Lúcio, que abandonou as salas de aula da UFPB para defender a ORCRIM Girassol e atacar Octavio Paulo Neto e o desembargador Ricardo Vital em seu blog, o fez entrar no radar do Gaeco.

O ilustre professor estaria defendendo ladrão por safadeza ou ganhando algo em troca?

Eu disse aqui, prego que se destaca leva martelada na cabeça…

 

URGENTE: PGR requer no STF o retorno de Ricardo Coutinho e mais 3 investigados à prisão

A Procuradoria Geral da República já protocolizou no Supremo Tribunal Federal pedido de suspensão de liminares do ministro Napoleão Nunes Maia, do STJ, que soltaram o ex-governador Ricardo Coutinho e mais 3 presos na Operação Calvário.

Hoje faz 11 dias que foi deflagrada a Operação Juízo Final, 7ª fase da Operação Calvário, quando 410 profissionais, sendo 350 policiais federais, do Gaeco/MPPB, Ministério Público Federal – MPF -, Controladoria Geral da União – CGU – saíram às ruas para cumprimento de 17 mandados de prisão preventiva e 54 mandados de busca e apreensão.

O pedido de suspensão de liminar é instrumento jurídico procedimental no Supremo Tribunal Federal para casos graves e urgentes, com risco de comprometimento da ordem pública.

A suspensão das liminares teria como consequência a volta dos quatro investigados, entre os quais o ex-governador Ricardo Coutinho, para a prisão.

Marcelo José

Genival Matias parabeniza atendimentos do Programa Cidadão em Cachoeira dos Índios e São José de Caiana

O Programa Cidadão, realizado pelo Governo do Estado, percorreu os municípios de Cachoeira dos Índios e São José de Caiana, nesta quinta-feira (26) e sexta-feira (27), em atendimento a uma solicitação do deputado Genival Matias, vice-presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba. De acordo com o parlamentar que esteve presente nas duas cidades, cerca de 1.200 atendimentos foram realizados em cada dia, totalizando 2.400 atendimentos nos dois municípios.

Dentre os serviços disponíveis aos munícipes foram realizadas emissão de Carteira do Trabalho e Previdência Social, Carteira de Identidade (1° e 2° via), CPF, fotos 3X4, dentre outros serviços.

Genival Matias agradeceu a parceria do Governo do Estado com as duas prefeituras, e ao gerente Operacional do Programa Cidadão, Roberto Leite, por atender prontamente sua solicitação para resolver as demandas dos dois municípios, apresentadas pelos prefeitos Allan Seixas, de Cachoeira dos índios e José Leite, de São José de Caiana.

“Foi um recorde de atendimentos nos dois municípios. Um Programa muito importante que visa oferecer à população atividades e serviços sociais gratuitos, como emissão de Carteira Profissional, RG, CPF, entre outros. Tive a oportunidade de estar presente em Cachoeira dos Índios que também celebrou seus 58 anos de emancipação e em São José de Caiana. Agradeço aos prefeitos Allan Seixas e Zé Leite por nos recepcionar e apresentar os números do desenvolvimento dos respectivos municípios. Meu agradecimento ao Governo do Estado e ao gerente do Programa Cidadão, Roberto Leite pela iniciativa que levou cidadania a milhares de moradores”, finalizou Genival.

Em Cachoeira dos Índios o deputado prestigiou a grande festa de emancipação que celebrou 58 anos do município com diversas ações e shows em praça pública, ao lado do prefeito Allan, vereadores, secretários e correligionários.

No município de São José de Caiana, Genival Matias junto com o prefeito Zé Leite, secretários, vereadores e da população, realizou uma visita ao Hospital Unidade Mista de Saúde de São José de Caiana, a reforma da Praça Central e ainda esteve na escola estadual onde o Programa Cidadão estava sendo realizado.

“Queremos agradecer ao deputado Genival Matias por trazer para o nosso município esse importante atendimento para nossa população. A gestão Municipal tem se empenhado em buscar parcerias para ofertar ações e serviços à população de Caiana e continuaremos lutando para trazer ainda mais desenvolvimento para nossa cidade”, agradeceu o prefeito Zé Leite.

Dinheiro roubado pela organização criminosa de Ricardo Coutinho daria para construir dois novos hospitais como o de Santa Rita

De acordo com as investigações do Ministério Público, substanciada pela delação de Daniel Gomes, ex-diretor da Cruz Vermelha, a organização criminosa chefiada pelo ex-presidiário Ricardo Coutinho desviou mais de R$ 130 milhões em apenas dois contratos.

O dinheiro roubado pela ORCRIM Girassol daria para construir dois novos hospitais como o metropolitano de Santa Rita. Já imaginou quantas vidas teriam sido salvas se Ricardo e sua gang não tivessem roubado a Paraíba por 8 anos?

FANTÁSTICO: Veja a reportagem completa sobre o político mais ladrão da PB

Propinoduto girassol é a prova de que Ricardo Coutinho rouba desde a prefeitura de João Pessoa

De acordo com a delação de Livânia Farias e a denúncia do Ministério Público, o irmão do ex-governador Ricardo Coutinho, o famigerado ‘Cori’, era um dos que recebiam a propina do esquema que envolvia a contratação de um escritório de advocacia para recuperar créditos tributários fictícios da PMJP na gestão de RC.

Em 2011, no primeiro ano de governo do ex-presidiário Ricardo Coutinho, o pagamento da propina foi descoberto numa blitz policial. No bilhete, as iniciais do nomes de Cori, Gilberto Carneiro e Livânia Farias.

image

A blitz foi abafada e o inquérito policial sumiu, só reaparecendo em 2014, e concluso neste ano com a confissão de Livânia Farias.

O escândalo do propinoduto girassol é a prova cabal de que Ricardo Coutinho vem roubando desde a prefeitura de João Pessoa. Seu irmão, Coriolano, já é réu nesta ação penal, agora falta o chefão da ORCRIM.

MÉRITO DO PSB: Ao lado do Rio de Janeiro, Paraíba se torna um dos estados mais corruptos do Brasil

Ricardo Coutinho roubou de Berg Lima o título de corrupto mais ilustre da Paraíba

O ex-presidiário Ricardo Coutinho é tão ladrão que até o título de corrupto mais ilustre da Paraíba ele roubou de Berg Lima, que foi preso em flagrante com dinheiro no cofrinho.

Certamente Ricardo Coutinho é um ladrão mais sofisticado e de nível elevado. Enquanto o batedor de carteira de Bayeux ia pessoalmente buscar alguns milhares de reais, o ladrão ‘socialista’ mandava os capachos buscar milhões em jatinhos e caixas de vinhos.

Berg Lima virou manchete nacional, Ricardo Coutinho foi parar no Fantástico. Mas o que mais eles têm em comum? São dois dissimulados que entraram na política para fazer fortuna às custas da esperança do povo.

E os dois são ex-presidiários.