Preso com propina na cueca, Berg Lima realiza manobra e julgamento no TJ é adiado para março

O prefeito de Bayeux, Berg Lima, preso em flagrante com propina no cofrinho, realizou mais uma manobra para adiar seu julgamento. Berg manteve um advogado que não faz parte da sua defesa desde o ano passado, apenas com intuito de adiar a sessão que poderia afastá-lo do cargo.

Para desespero da população de Bayeux, Berg Lima ganhou mais 20 dias como prefeito, mas seu afastamento não passa do dia 3

Berg Lima já foi condenado em primeira instância e recorreu à Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba. Caso seja condenado, o prefeito se tornará inelegível e pode ser afastado do cargo. O processo se refere ao caso do vídeo em que Berg Lima foi flagrado supostamente recebendo propina de um comerciante de Bayeux em troca da liberação de pagamentos atrasados.

PSB lança curso de formação para candidatos; será que Ricardo Coutinho vai ensinar como roubar dinheiro da Saúde?

Através da Fundação João Mangabeira, o PSB lançou um curso de formação para candidatos. Bastante experiente no mundo do crime, o ex-governador Ricardo Coutinho, preso na Operação Calvário, bem que poderia apresentar um work-shop sobre como roubar dinheiro da Saúde.

Como chefe da ORCRIM Girassol, experiência ele tem:

 

Em nota, 35 deputados se solidarizam com Adriano Galdino e repudiam insinuações de Damião Feliciano

O tom desproporcional do deputado federal Damião Feliciano sobre o pedido de impeachment da oposição, atacando o presidente da Assembleia, Adriano Galdino, ainda está surtindo efeito. Em nota, 35 deputados, ou seja, todo o parlamento estadual com exceção do presidente da Casa, se solidarizam com o mesmo.

Confira:

Nota de solidariedade ao presidente da Assembleia Legislativa Adriano Galdino

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) na atual legislatura tem se notabilizado como um Poder que atua muito além de suas prerrogativas, se colocando no centro de grandes debates e agindo como intermediário no diálogo entre diversos setores da sociedade e os demais Poderes.

O Poder Legislativo em 2019 deixou a Praça dos Três Poderes e foi ao encontro da população paraibana, participando das plenárias do Orçamento Democrático Estadual e realizando Sessões Itinerantes em várias regiões do Estado, para ouvir e dar voz a sociedade, que pode nessas ocasiões avaliar o trabalho dos deputados e da Casa e ainda sugerir projetos de Lei.

A Assembleia também bateu recorde de produção no ano passado, superando o ano anterior em mais de 450%. Foram quase 11 mil matérias apreciadas, entre requerimentos, projetos de Lei, projetos de Resolução, vetos e Medidas Provisórias.

Tudo isso só foi possível pela atuação firme, democrática e sensível do presidente da Casa Epitácio Pessoa, o deputado Adriano Galdino, que mesmo sendo da base do Governo do Estado, manteve o equilíbrio e garantiu o trabalho dos 36 parlamentares, sempre se pautando e respeitando fielmente o Regimento Interno da ALPB.

Portanto, nós deputados estaduais, integrantes do Poder Legislativo, repudiamos as insinuações do deputado federal Damião Feliciano e nos solidarizamos com o presidente Adriano Galdino, exigindo o respeito à Assembleia Legislativa e a Constituição, que define a harmonia entre os Poderes, ao mesmo tempo que garante as suas independências.

Assinam:

Anderson Monteiro
Branco Mendes
Bosco Carneiro
Buba Germano
Cabo Gilberto Silva
Caio Roberto
Camila Toscano
Chió
Cida Ramos
Cláudio Régis
Delegado Wallber Virgolino
Dr Érico
Dr. Taciano Diniz
Dra. Jane Panta
Edmilson Soares
Eduardo Carneiro
Estela Bezerra
Felipe Leitão
Galego Souza
Genival Matias
Inácio Falcão
Jeová Campos
João Henrique
Júnior Araújo
Jutay Meneses
Lindolfo Pires
Manoel Ludgério
Moacir Rodrigues
Nabor Wanderley
Pollyanna Dutra
Raniery Paulino
Ricardo Barbosa
Tião Gomes
Trócolli Júnior
Wilson Filho