Baía da Traição não atinge a meta do IDEB e educação piora na gestão de Serginho Lima

O prefeito de Baía da Traição, Serginho Lima, vai começar sua campanha pela reeleição com uma péssima marca na Educação. A cidade não conseguiu atingir a meta projetada pelo IDEB, índice que mede a qualidade do ensino nas escolas públicas. Ou seja, a educação piorou nos últimos 4 anos. A meta projetada pelo IDEB foi de 5.0, mas o município atingiu apenas 4.1, conforme tabela abaixo:

Baía da Traição só atingiu a meta do IDEB entre 2007 e 2015, nos quadros marcados de verde.

O que é o Ideb

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) foi criado em 2007 e reúne, em um só indicador, os resultados de dois conceitos igualmente importantes para a qualidade da educação: o fluxo escolar e as médias de desempenho nas avaliações.

Ele é calculado a partir dos dados sobre aprovação escolar, obtidos no Censo Escolar, e das médias de desempenho nas avaliações do Inep, o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) – para as unidades da federação e para o país, e a Prova Brasil – para os municípios.

Para que serve

O Ideb agrega ao enfoque pedagógico dos resultados das avaliações em larga escala do Inep a possibilidade de resultados sintéticos, facilmente assimiláveis, e que permitem traçar metas de qualidade educacional para os sistemas. O índice varia de zero a 10 e a combinação entre fluxo e aprendizagem tem o mérito de equilibrar as duas dimensões: se um sistema de ensino retiver seus alunos para obter resultados de melhor qualidade no Saeb ou Prova Brasil, o fator fluxo será alterado, indicando a necessidade de melhoria do sistema. Se, ao contrário, o sistema apressar a aprovação do aluno sem qualidade, o resultado das avaliações indicará igualmente a necessidade de melhoria do sistema.

O Ideb também é importante por ser condutor de política pública em prol da qualidade da educação. É a ferramenta para acompanhamento das metas de qualidade do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) para a educação básica, que tem estabelecido, como meta, que em 2022 o Ideb do Brasil seja 6,0 – média que corresponde a um sistema educacional de qualidade comparável a dos países desenvolvidos

ATENÇÃO TRE: Primeira dama de Lucena utiliza ONG e expõe deficientes mentais em apoio ao candidato do prefeito; entidade já recebeu mais de meio milhão da prefeitura

A população de Lucena está perplexa com os vídeos que mostram deficientes mentais sendo forçados a apoiar Alex Monteiro, sobrinho do prefeito Marcelo. O vídeo apelativo tem participação da primeira-dama da cidade, Taciana Mendonça, conhecida por ostentar bolo com dinheiro nas redes sociais. De acordo com o portal da Transparência, Taciana também quis ostentar com o auxílio emergencial e solicitou a ajuda do governo federal.

O vídeo expõe pessoas incapazes, todas de azul, cor da campanha de Alex, e pode configurar crime eleitoral e penal. Uma denúncia já foi feita no Ministério Público e no TRE pela oposição.

O mais curioso é que a ONG Casa de Apoio à Crianças Especiais – CACE, foi fundada pele primeira dama de Lucena assim que o marido entrou na prefeitura. Em 7 anos, a CACE já recebeu mais de meio milhão de reais da gestão, de acordo com informações do Tribunal de Contas do Estado:

Prefeito ostentação de Lucena já gastou R$ 320 mil com aluguéis de carros de luxo; valor daria pra comprar 10 veículos populares

João Pessoa supera metas do IDEB e comprova qualidade da educação

João Pessoa mais uma vez superou as metas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). No Ensino Fundamental I (1º ao 5º ano), a Capital subiu na avaliação nacional, ultrapassando inclusive as metas que estavam estipuladas pelo Ministério da Educação para o ano de 2021. Em João Pessoa, a unidade de ensino com o maior desempenho está localizada no Bairro dos Novais, a Escola Municipal de Ensino Municipal José Novais.

Na avaliação do prefeito Luciano Cartaxo, o resultado do IDEB é consequência dos investimentos que a gestão municipal tem feito desde a base da Educação. “O Ensino Fundamental I corresponde aos alunos do 1º ao 5º ano. Na maioria, são alunos que estão na nossa rede desde a creche e que agora estão mais uma vez colhendo os frutos do ensino e aprendizado que tem sido oferecido pelas nossas unidades de ensino. Nós já conseguimos ultrapassar a meta que estava estipulada para o ano de 2021, então vemos com muita felicidade mais essa conquista, pois demonstra que estamos preparando nossas crianças para um futuro com mais oportunidades e igualdade”.

A meta estipulada pelo Ministério da Educação para o Ensino Fundamental I de João Pessoa era nota 4,9. A Capital paraibana atingiu nota 5,4. No Fundamental II, a meta era 4,3 e foi atingida pela Educação. O resultado do IDEB é um indicativo da qualidade do ensino brasileiro e oferece subsídios para a elaboração, o monitoramento e o aprimoramento das políticas educacionais. Esse resultado é obtido por meio do cálculo das avaliações do aprendizado juntamente com as taxas de aprovação, reprovação e abandono.

ORCRIM NAS ELEIÇÕES: Estela Bezerra pode disputar a PMJP; a foto da campanha o GAECO já tirou

De acordo com o jornalista Walter Santos, a deputada Estela Bezerra, acusada de ser integrante da ORCRIM Girassol e presa na Operação Calvário, tem sido pressionada por Ricardo Coutinho para disputar a prefeitura de João Pessoa. O Mago queria presentear o prefeito Luciano Cartaxo com o PT, mas não conseguiu. O PDT passou na frente e indicou a vice de Edilma Freire.

Ricardo não quer ser candidato e não aceita votar em Anísio Maia. O plano B deve mesmo ser Estela. O bom é que a foto da campanha ela já tem, tirada no estúdio da Central de Polícia.

Quem se aliar a Ricardo Coutinho vai se associar a maior rejeição da história de JP

 

Convenção do Progressistas em Mamanguape confirmará a candidatura de Fabrício Sales à prefeitura

O Progressistas de Mamanguape oficializará durante convenção, nesta quarta-feira, 16, o nome de Fabrício Sales, como candidato do partido nas eleições municipais de 2020 na Rainha do Vale.

Conhecido na cidade como ‘Amigo Velho’, ele é Economista e especialista em desenvolvimento pessoal, também foi secretário de finanças e administração de Mamanguape e a de Planejamento em Rio Tinto, e é o principal nome da oposição a atual prefeita, Maria Eunice.

Além do seu partido, o Progressistas, da senadora Daniela Ribeiro e do deputado Agnaldo, seu arco de alianças ainda é formado pelo PRTB, do deputado estadual Eduardo Carneiro e da atual vice-prefeita da cidade, Baby Helenita; o PSL do Deputado Federal Julian Lemos; e o Patriotas, do deputado estadual Walber Virgolino.

Para Fabrício, o apelo popular por mudança na cidade lhe convocou a entrar na disputa: “Mamanguape merece mais do que ser um curral familiar, a cidade precisa inovar para entrar de fato no século XXI. Vamos aprimorar políticas públicas, potencializar a agricultura familiar, investir na capacitação empreendedora da nossa juventude, melhorar os indicadores da educação e os serviços de saúde”, pontuou o pré-candidato.

O evento será realizado nesta quarta-feira, 16, a partir das 18:11 na quadra do Instituto Moderno, localizado na Rua Escritor José Vieira – s/n, Mamanguape – PB, 58280-000.