OPERAÇÃO XEQUE-MATE: Ligações telefônicas comprovam que Leto Viana articulou posse de Vitor Hugo na prefeitura de Cabedelo

De acordo com as investigações do GAECO, mesmo preso, o então prefeito Leto Viana articulou a posse de Vitor Hugo (à época vereador) na prefeitura de Cabedelo. A investigação revela que os vereadores seguiram a orientação que veio de dentro da cadeia, através de Fabrício Magno, porta-voz de Leto. Confira um trecho da denúncia:

Segundo consta detalhadamente no item 3.10 da denúncia da ORCRIM (proc. nº 0000264.03.2019.815.0731 e nº 0000040-31.2020.815.0731), no mesmo dia da deflagração da Operação Xeque-Mate (03/04/2018), em que foram cumpridos mandados de prisão em face dos chefes dos Poderes Executivo e Legislativo de Cabedelo/PB, parte do grupo político, seguindo ordens de LETO VIANA dadas do interior da prisão e transmitidas através de FABRÍCIO MAGNO MARQUES DE MELO SILVA (seu “porta-voz”), planejava, em uma reunião, a continuidade da empresa criminosa implementada desde 2013, desta feita, com a nova composição da mesa diretora da Câmara Municipal, quando se prospectou aos indicados de LETO a cadeira do Chefe do Executivo ao vereador VITOR HUGO (seu amigo) e da presidência da Câmara à vereadora GEUSA DORNELAS50.

A reunião foi informada à Polícia Federal pelo colaborador e ora denunciado ROSILDO PEREIRA (JÚNIOR DATELLE), dentro do 5º BPM, onde se encontrava preso LETO VIANA, sendo o encontro organizado para aquela data no restaurante Picuí de Intermares (Cabedelo/PB) e coordenado pelo ora denunciado VITOR HUGO e pelo emissário do então prefeito, o Secretário de Comunicação de Cabedelo/PB, FABRÍCIO MAGNO (já denunciado por integrar a ORCRIM).

Em análise dos extratos telefônicos dos terminais 83991177667 utilizado pelo então vereador VITOR HUGO e 83988098592 de FABRÍCIO MAGNO MARQUES DE MELO SILVA, chamou atenção que apesar de ser um dia movimentado devido à operação, observou-se que às 12:59:38, o terminal 8398885422 entrou em contato com FABRICIO MAGNO (linha vermelha), e imediatamente após a conversa FABRICIO realizou uma chamada para o vereador VITOR HUGO (linha azul).

Em pesquisas, verificou-se que o terminal 8398885422 é utilizado por FRANCISCO DE ASSIS BARBOSA DOS SANTOS (CHICO), advogado, foi candidato a vereador pelo partido PRP e possui cargo da prefeitura de Cabedelo. CHICO é irmão de QUETSIO BARBOSA DOS SANTOS, sócio da construtora PLANFORTE.

Denúncia do GAECO traz foto de Vitor Hugo amarrando o tênis de Leto Viana

 

 

Deputados Junior Araújo e Taciano Diniz oficializam apoio ao nome de Efraim Filho rumo ao Senado

Os deputado estaduais paraibanos Taciano Diniz e Junior Araújo, ambos do Avante, confirmaram apoio ao projeto do deputado federal Efraim Filho (DEM) em disputar uma vaga pela Paraíba no Senado nas próximas eleições que serão realizadas em 2022.

Taciano Diniz tem forte atuação vinculada ao Vale do Piancó e traz em sua base de apoio eleitoral o prefeito de Itaporanga, Divaldo Dantas (DEM), entre outros.

Já o deputado Junior Araújo lidera a região do Alto Sertão paraibano que é polarizada pelo município de Cajazeiras e tem ao seu lado o apoio do ex-prefeito Carlos Antônio, bem como o de diversos prefeitos da região.

Junior Araújo confirmou apoio ao projeto de Efraim Filho durante discurso realizado na solenidade de 100 dias da gestão do prefeito Dr. Tales (PSDB) à frente da Prefeitura Municipal de Brejo do Cruz (PMBC).

Por outro lado, o deputado Taciano tornou público seu apoio ao projeto de Efraim durante entrevista concedida à imprensa na Capital paraibana, quando afirmou que confia na capacidade do atual deputado federal em bem representar a Paraíba através de um mandato no Senado.

Ao saber das novidades o deputado federal Efraim Filho afirmou receber com alegria tais manifestações e que ambos os parlamentares dialogam com um futuro melhor para todos os paraibanos.

“São apoios importantíssimos por exercerem forte liderança em suas respectivas regiões, polarizadas pelo vale do Piancó e Itaporanga, bem como Alto Sertão e Cajazeiras. Ambos são da nova geração e se somam a um projeto que dialoga com o futuro da Paraíba no Senado Federal”, disse Efraim

João Azevêdo e governadores assinam pré-acordo para operação comercial do projeto do São Francisco

O governador João Azevêdo assinou, nesta quinta-feira (29), no Palácio da Redenção, em João Pessoa, um pré-acordo do Projeto de Integração do São Francisco (Pisf) que define critérios contratuais para início da operação comercial dos serviços de operação e manutenção do sistema, negociados por intermédio da Câmara de Mediação e de Conciliação da Administração Pública Federal. O documento também foi assinado pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho; e pelos governadores do Ceará, Camilo Santana; e do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra; além da vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos, que participaram virtualmente da solenidade.

Entre as diretrizes acordadas, está o pagamento escalonado pelos estados, começando por 5% do valor total e chegando a 100% no quinto ano – com o restante dos custos sendo arcados pela União nesse período. O início do pagamento está previsto para outubro deste ano para Paraíba e Pernambuco, que já têm acesso às águas por meio do Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco desde 2017. Para o Ceará e Rio Grande do Norte, há previsão de período de testes antes do início do pagamento.

Na oportunidade, o chefe do Executivo da Paraíba destacou a importância da transposição para os nordestinos. “Essa obra é redentora para o nosso povo porque garante segurança hídrica e desenvolvimento para as nossas cidades e esse momento traz um conceito de funcionalidade e sustentabilidade. O estado mantém suas responsabilidades e esperamos que as obras complementares sejam feitas para que mais paraibanos sejam contemplados”, frisou.

Ele também destacou que o entendimento firmado para a consolidação do pré-acordo possibilitou um menor valor de custeio da operação do serviço. “Várias ações ainda serão feitas no sentido de melhorar e baratear o custo da energia que é o peso maior dentro desse processo e essa conciliação que fizemos, por meio da Advocacia-Geral da União, permitirá um pagamento pequeno”, acrescentou.

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, explicou o objetivo do pré-acordo formalizado hoje. “Nós estabelecemos com os governos da Paraíba, de Pernambuco, do Rio Grande do Norte e do Ceará a forma como a água será recepcionada e o escalamento do pagamento pelos estados de tal forma que isso não seja impactado nos cidadãos comuns. Nesse primeiro ano haverá um acréscimo de 5% no custo da energia, acontecendo de forma gradativa pelos próximos cinco anos até que os estados possam assumir a integralidade da manutenção do bombeamento das águas do São Francisco”, observou.

Também participaram da solenidade, Sérgio Costa (secretário nacional de Segurança Hídrica do Ministério Desenvolvimento Regional – MDR); Christianne Dias (presidente da Agência Nacional das Águas – ANA); o senador Veneziano Vital do Rêgo; os deputado federais Efraim Filho e Hugo Motta; e o deputado estadual Lindolfo Pires. O advogado-geral da União, André Mendonça, acompanhou o evento por meio de videoconferência.

Ainda estiveram presentes, os secretários Deusdete Queiroga (Infraestrutura, Recursos Hídricos e Meio Ambiente); Ronaldo Guerra (chefe de Governo); Ana Cláudia Vital do Rêgo (Desenvolvimento e Articulação Municipal); Nonato Bandeira (Comunicação Institucional); Virgiane Melo (executiva da Infraestrutura, Recursos Hídricos e Meio Ambiente); Marcus Vinícius (presidente da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba – Cagepa); e Porfírio Catão (presidente da Agência Executiva de Gestão das Águas).

Parceria entre PMCG e empresa AeC abre 610 novas vagas de trabalho em Campina Grande

A Prefeitura de Campina Grande, por meio do Sine Municipal, está oferecendo novas vagas de emprego nesta segunda-feira, 03. Ao todo estão disponíveis 670 novas oportunidades, das quais 610 são para a função de atendente de telemarketing, sem a exigência de experiência comprovada na carteira de trabalho. Essas vagas são para a empresa AeC, que mantém parceria com a Prefeitura Municipal para captação de trabalhadores no mercado local.

Para as demais vagas ofertadas será necessário comprovar experiência de seis meses na carteira de trabalho.

Em virtude da pandemia do novo coronavírus, o Sine Municipal está com o atendimento ao público limitado aos trabalhadores que fazem agendamento pelo telefone (83) 3343-1486.

No primeiro contato presencial com a equipe do Sine os candidatos devem apresentar os seguintes documentos: carteira de trabalho, carteira de identidade, CPF, comprovante de residência e currículo atualizado.

O Sine Municipal, que está localizado no prédio do antigo Museu Vivo da Ciência, em frente ao Parque do Açude Novo e próximo ao Terminal de Integração de Passageiros, funciona de segunda à sexta-feira, de 8h às 13h. No órgão, os colaboradores obedecem aos protocolos de segurança, sendo exigido o uso de máscaras, o distanciamento seguro e a aplicação de álcool gel na higienização de objetos e nas mãos.

Estão à disposição dos trabalhadores as seguintes vagas em Campina Grande:

Atendente de telemarketing (ensino médio completo + acima de 18 anos de idade + não precisa ter experiência comprovada) 610 vagas

Ajudante de pintor (ensino fundamental completo + 6 meses de experiência em carteira) 1 vaga

Armador de ferros (ensino fundamental completo + 6 meses de experiência em carteira) 2 vagas

Armazenista (ensino médio completo + 6 meses de experiência em carteira) 2 vagas

Atendente do setor de frios e laticínios (ensino médio completo + 6 meses de experiência em carteira) 2 vagas

Auxiliar administrativo (Pessoa com deficiência + ensino médio completo + 6 meses de experiência) 1 vaga

Auxiliar de marceneiro (ensino médio completo + 6 meses de experiência em carteira) 1 vaga

Auxiliar de pedreiro (ensino fundamental completo + 6 meses de experiência em carteira) 5 vagas

Carpinteiro (ensino fundamental incompleto + 6 meses de experiência em carteira) 1 vaga

Confeiteiro (ensino médio completo + 6 meses de experiência em carteira) 2 vagas

Costura de calçados (ensino médio completo + 6 meses de experiência) 15 vagas

Empregada doméstica (disponibilidade para viagens, pernoite no trabalho + ensino médio completo + 6 meses de experiência) 1 vaga

Esteticista (superior completo + 6 meses de experiência) 3 vagas

Gerente administrativo (superior completo + 6 meses de experiência) 1 vaga

Motorista de caminhão (Carteira Nacional de Habilitação D + ensino médio completo +  6 meses de experiência em carteira) 1 vaga

Oficial de serviços gerais (ensino médio incompleto +  6 meses de experiência  em carteira) 1 vaga

Operador de empilhadeira  (ensino médio completo +  6 meses de experiência  em carteira) 2 vagas

Pedreiro (ensino fundamental + 6 meses de experiência em carteira) 6 vagas

Vendedor porta a porta (ensino médio completo +  6 meses de experiência  em carteira) 5 vagas

Vendedor pracista (ensino médio completo +  6 meses de experiência  em carteira) 8 vagas.

Codecom

Prefeitura avança a vacinação para pessoas de 45+ com comorbidades e trabalhadores de saúde com 35+

Dentro do plano de imunização contra a Covid-19, a Prefeitura de João Pessoa vai ampliar a vacinação, nesta segunda-feira (3), para pessoas com comorbidades que tenham 45 anos de idade ou mais e trabalhadores de saúde a partir dos 35 anos. Eles poderão tomar a primeira dose do imunizante em dois postos do tipo drive thru – Santuário Mãe Rainha (Aeroclube) e Mangabeira Shopping (Mangabeira) – e mais 10 ginásios distribuídos pela cidade.

As pessoas que tomaram a primeira dose da vacina Corovac/Butantan até o dia 5 de abril devem receber a dose de reforço no posto drive thru no Centro Universitário de João Pessoa (Unipê). Quem já completou 90 dias da dose inicial da vacina AstraZeneca/FioCruz, tomará a segunda dose no drive thru da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

O horário de atendimento nos postos de drive thru será das 9h às 15h e o funcionamento dos ginásios será das 8h às 12h.

No período da última sexta-feira (30) até este domingo (2), a Prefeitura aplicou aproximadamente 20 mil doses, entre a primeira e a segunda.

Entenda – As comorbidades deste público incluem hipertensão, diabetes mellitus, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, indivíduos imunossuprimidos, pessoas com obesidade grau 3 – IMC >40. Foram incluídos, também, hemofílicos a partir dos 18 anos de idade e mulheres com comorbidades que estejam gestantes ou puérperas.

Agendamento – A Secretaria Municipal de Saúde alerta para a localização de cada público para não haver confusão na procura pelo imunizante. Para facilitar a identificação do local, insiste na priorização do agendamento através do aplicativo Vacina João Pessoa ou no site vacina.joaopessoa.pb.gov.br.
Com o agendamento, o cidadão garante que será vacinado no local indicado, com agilidade e segurança. Aquelas pessoas que tiverem dificuldades com a ferramenta eletrônica podem ir até os postos de vacinação para receber ajuda nessa operação, porém, terão de se submeter à fila específica sem a certeza de tomar a vacina, devido à limitação da oferta de imunizantes.

Documentação exigida – Quem for tomar a vacina é imprescindível levar documento oficial com foto, cartão do SUS, CPF e comprovante de residência. Os trabalhadores de saúde devem portar, ainda, uma declaração do local de trabalho ou contracheque e carteira do conselho correspondente para os profissionais de saúde.
É necessário que levem cópia da documentação que comprova a comorbidade do paciente, pois ela ficará retida para posterior apuração por Comissão da Secretaria Municipal de Saúde e demais órgãos de fiscalização, a exemplo do Ministério Público. Quem for tomar a segunda dose deve levar o cartão de vacinação com a primeira dose indicando a data até 5 de abril (para Coronavac) e mais de 90 dias (para AstraZeneca).

Transporte gratuito – As pessoas que precisarem se deslocar de um bairro a outro para tomar a vacina, podem utilizar os serviços gratuitos dos aplicativos 99 e Uber, em parceria com a Prefeitura de João Pessoa e Governo da Paraíba, respectivamente. Para garantir o acesso ao serviço da 99, o cidadão que usar a plataforma para o deslocamento até o ponto de vacinação deverá acessar o aplicativo na categoria 99 Pop e inserir o código promocional ‘Promocodes’, que será destinado exclusivamente para o transporte até os pontos de vacinação em João Pessoa.

Solidariedade – Os postos de vacinação também estão abertos, nesses dias de luta contra a Covid-19, para receber as doações de alimentos não perecíveis. Após a arrecadação, eles serão distribuídos com instituições de caridade e famílias necessitadas, atingidas pelos efeitos dessa pandemia. A arrecadação e a distribuição integram uma iniciativa conjunta da Prefeitura de João Pessoa e do Governo do Estado.

Postos de Vacinação (3 de maio):

Ginásios (1ª dose de AstraZeneca) – 8h às 12h

Distrito Sanitário I
Escola Estadual Papa Paulo VI (Cruz das Armas)
Escola Municipal Dom José Maria Pires (Oitizeiro)

Distrito Sanitário II
Escola Municipal Darcy Ribeiro (Funcionários II)
Escola M. Jornalista Raimundo Nonato Batista (Gramame)

Distrito Sanitário III
Escola Municipal Dom Helder (Valentina de Figueiredo)
Centro Cultural Tenente Lucena (Mangabeira)

Distrito Sanitário IV
Instituto Federal da Paraíba – IFPB (Jaguaribe)
Ginásio Ivan Cantisani (Tambiá)

Distrito Sanitário V
Escola Municipal Leonel Brizola (Tambauzinho)
Escola Municipal Seráfico da Nóbrega (Tambaú)

Drive thru/pedestres (1ª dose de AstraZeneca) – 9h às 15h
Santuário Mãe Rainha (Aeroclube)
Mangabeira Shopping (Mangabeira)

Drive thru (2ª dose) – 9h às 15h
AstraZeneca/Fiocruz: UFPB – acesso pelo HU (Castelo Branco)
Butantan/Coronavac: Unipê (Água Fria)