Veneziano não é de confiança e estava articulando candidatura pelas costas de João Azevedo

Lula e o PT sempre apoiaram Veneziano em todas as suas campanhas eleitorais. O mesmo vale para Vitalzinho, que virou ministro do TCU por indicação da ex-presidente Dilma Roussef. Mas na única vez que o PT precisou de Veneziano, ele votou a favor do impeachment de um governo que ele usou e abusou por longos 14 anos. Dá pra confiar?

O que está por trás do episódio envolvendo a esposa do senador, Ana Cláudia, nesta sexta, em Campina, é algo bem maior. Veneziano articula com o ex-presidente Lula a sua candidatura ao governo do estado. Parece que o petista desenvolveu uma espécie de síndrome de Estocolmo por ‘golpistas’, e tem percorrido o país para beijar a mão daqueles que tiraram Dilma do cargo.

Pelo o que o blog tem apurado, Veneziano queria sugar o governo João Azevedo até os 45 do 2° tempo, para depois se lançar candidato.

Com Romero na vice, João Azevedo dá xeque-mate na eleição

O blog apurou que já existe uma articulação para que o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, seja o vice na chapa do governador João Azevedo. E tudo com o aval do prefeito Cícero Lucena e do deputado federal Aguinaldo Ribeiro.

É um casamento estratégico para ambos. Com uma oposição extremamente desorganizada, Romero tem se sentido abandonado, e numa barca furada. E como o governador vai para a sua última eleição ao governo, Romero seria o sucessor natural em 2026.

Para João, a aliança é excelente, pois Romero hoje é a maior liderança política de Campina Grande, o que se traduz em votos.

Romero é independente e controla o PSD. Ou seja, vai pra onde achar melhor, independente do ex-senador Cássio Cunha Lima.

Xeque-mate.

Atitude de Ana Cláudia é reveladora: Veneziano caiu na lábia de Lula e já rompeu com João Azevedo

O ex-presidente Lula quer seu golpista favorito, Veneziano, disputando o governo da Paraíba. Mas não pra Vené ganhar, já que Lula historicamente nunca elegeu governador aqui. O que Lula quer é o MDB na sua coligação.

Veneziano já rompeu, mas não teve coragem de anunciar. Na reunião do MDB com Lula, na última quinta, 07, o senador foi fisgado pela lábia do petista. Inocente como sempre foi, Veneziano caiu.

O gesto de Ana Cláudia hoje, em Campina Grande, ao abandonar o evento do governador João Azevedo, foi apenas um reflexo da reunião de Veneziano com Lula.

Carinho em golpista

Que o ex-presidente Lula não tem vergonha na cara, todo nós sabemos. Mas fazer carinho em ‘golpista’ já é demais. A foto em questão revela uma verdade: a narrativa do ‘golpe’ é uma farsa, e o PT só a usa por conveniência. Onde já se viu um partido vítima de golpe se agarrar com os golpitas 5 anos depois? Só aqui.

Mas o carinho de Lula no ‘golpista’ Veneziano vai mais além. Ele quer o MDB na sua chapa. Sim, o mesmo MDB de Michel Temer, que segundo o companheiro Lula, deu um golpe na Dilma.

Lula tem iludido Veneziano, dizendo que ele tem chances e deve disputar o governo do estado. Mas o que ele quer mesmo é atrair o MDB. Para Lula, mais vale o apoio do partido nacionalmente do que o apoio do governador João Azevedo.

O PT não tem um projeto de nação, tem apenas um projeto de poder. E pelo poder Lula faz tudo, até carinho em ‘golpista’. A alma ao Diabo ele já vendeu em 2010, quando colocou Temer na chapa da Dilma.