Gervásio Maia comprou R$ 1,2 milhão em medicamentos para a Assembleia Legislativa em apenas dois anos

O blog recebeu uma denúncia bastante curiosa de um funcionário da Assembleia Legislativa sobre compra de medicamentos na gestão do ex-presidente Gervásio Maia – PSB, (girassol!). De acordo com o SAGRES do Tribunal de Contas do Estado, nos anos de 2017 e 2018, a ALPB comprou R$ 1,2 milhão em medicamentos.

Confesso que não tinha conhecimento da necessidade do Poder Legislativo comprar milhões em remédios. Por acaso são distribuídos à população?

Ou uma pandemia tomou conta da ALPB e ninguém soube, ou então Gervásio Maia é hipocondríaco:

Que coisa, né?

Espero que Gervásio tenha curado todas as enfermidades da Assembleia Legislativa.

E que tenha sobrado muito Doril…

 

PSB e RC soltaram a mão de Anísio Maia, menos Genival Matias

Às vezes a solidariedade vem de onde menos se espera. É o caso do suplente de deputado estadual Anísio Maia, que só vai assumir a titularidade graças ao gesto do colega Genival Matias.

O “ninguém solta a mão de ninguém” que Ricardo Coutinho disparou em evento oficial do governo era só um ‘migué’ pra acalmar a fera Livânia Farias, mas nem pra isso serviu, pois a delação do fim do mundo já rolou.

A atitude de Genival Matias se contrapõe à ingratidão do PSB e Ricardo Coutinho com o PT paraibano, que pela primeira vez em 20 anos ficou sem um representante na ALPB.

Se dependesse do governador de fato (Ricardo Coutinho) e do preposto de governador (João Azevedo), Anísio Maia passaria 4 anos plantando mamão na sua mega-fazenda em Araçagi.

Agora que não vai mais cultivar mamão, Anísio Maia precisa ter cuidado para o MST não invadir a terra improdutiva.

 

VÍDEO: 4 anos após quebrar urna de votação na ALPB, Tião Gomes é eleito presidente do Conselho de “Ética e Decoro”

Parece piada, mas o novo presidente do Conselho de Ética da Assembleia Legislativa não tem lá muita ética. Em 2015, Tião Gomes quebrou o sistema de votação no dia da eleição para presidente da Casa:

Antes da votação que elegeu Adriano Galdino, agora em 2019, Tião deu uma declaração polêmica: “Eu sou terrorista, sou guerreiro, eu nasci em Pombal, mas deveria ter nascido no Líbano, ninguém manda nos meus pensamentos. ”

E ao ser perguntado se quebraria a urna novamente, o deputado respondeu: Se tiver eu quebro!

O Conselho de Ética está em boas mãos…

Vice-presidente da ALPB e prefeito inauguram Casa da Cidadania em Juazeirinho

Foi inaugurada no último sábado (6), a Casa da Cidadania de Juazeirinho, no Seridó paraibano.  O evento contou com a participação do vice-presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), o deputado estadual Genival Matias, além do prefeito Bevilacqua Matias (Avante), vereadores, secretários, o prefeito Jarbas Melo, de Pedra Lavrada, e da população juazeirinhense.

A partir de agora a população dispõe desse serviço, que reúne em um só endereço balcões da Cagepa, emissão de carteira de identidade e de trabalho, CPF, dentre outros serviços.

O deputado Genival Matias disse que a instalação da Casa da Cidadania de Juazeirinho era um sonho antigo dos moradores da região, e agora se tornou realidade. O parlamentar lembrou que o município vai ganhar outras ações do governo do estado para beneficiar a população.

“Hoje Juazeirinho é pequeno só no nome, mas é grande no seu desenvolvimento, é grande na sua coragem. Agora as pessoas não precisarão mais se deslocar até Campina Grande para tirar os documentos. A Casa da Cidadania vai beneficiar não só Juazeirinho, mas toda região. Me orgulho muito de representar essa terra e é uma honra representar a todos na Assembleia e trabalhar pela Paraíba. Registro meus agradecimentos ao ex-governador Ricardo Coutinho e ao atual governador João Azevêdo por atender aos nossos pleitos ”, comentou o deputado.

O prefeito Bevilacqua Matias agradeceu ao deputado por todo empenho em trazer a Casa da Cidadania, além de outras ações do Estado para Juazeirinho.

“Meu eterno agradecimento ao deputado por trabalhar muito para trazer ações do governo do estado para Juazeirinho. Quando a gente vota em um político e vê o retorno através de beneficio para o nosso povo, o coração enche de orgulho. Hoje inauguramos a Casa da Cidadania, mas teremos em breve a Ciretran e a Escola Estadual”, falou o prefeito.

Homenagem

A Casa da Cidadania recebe o nome de João Batista dos Santos em homenagem a um grande cidadão juazeirinhense, que em março de 1916 iniciou sua vida como agricultor na Fazenda Várzea Nova, chegando ao posto de gerente geral. Ele morreu em 2007.

Serviços

A Casa da Cidadania vai funcionar de segunda à sexta das 8h às 13h. Serão oferecidos os serviços de emissão de carteira de trabalho,  identidade, CFP, reservista e demais serviços.

Deputado critica rede de espionagem e grampos clandestinos na PB

O vice-líder da oposição na Assembleia, deputado Eduardo Carneiro (PRTB), denunciou uma rede de escutas clandestinas com o intuito de tentar intimidar autoridades no estado. Segundo ele, os indícios apontam que as gravações seriam editadas para confundir a opinião pública.

Eduardo chamou a atenção para o fato de as gravações só virem à tona após a deflagração da Operação Calvário pelo Ministério Público, que investiga um desvio milionário na saúde do estado por meio da Cruz Vermelha. O parlamentar destacou que a nova modalidade consiste em uma fraude e deve ser combatida pelas autoridades policiais.

Recentemente, secretários municipais de João Pessoa e até o próprio prefeito Luciano Cartaxo foram vítimas de gravações clandestinas que vieram à tona em alguns veículos de comunicação. “Nunca houve isso na Paraíba, agora se fala em celulares suspeitos de grampos, escutas e até um sofisticado equipamento israelense gravando autoridades do executivo, legislativo e judiciário clandestinamente”, comentou.

Eduardo disse apoiar e incentivar o trabalho feito pelas operações autorizadas pela Justiça, a exemplo das realizadas pela Polícia Federal, Polícia Civil ou Ministério Público, e repudiou essa clara tentativa de intimidação de ‘arapongas’ com gravações fraudulentas.

“Isso é inadmissível. Recordo-me que na campanha ao Governo de São Paulo, o então candidato João Doria foi vítima de vídeos fraudulentos e montados que tentaram atingir sua honra. Aqui na Paraíba as suspeitas são que está ocorrendo pior ainda: os alvos são autoridades constituídas de todos os níveis. Há alguns dias distribuíram áudios fraudulentos através de e-mails e aplicativos de mensagens, que mais tarde foram publicados por alguns veículos de comunicação no estado”, disse.

Eduardo questionou quem estaria por trás desse esquema e qual seria o objetivo dessas gravações. “Quem está por trás disso? A Paraíba quer saber quem comanda a rede de grampos no estado”, afirmou

O deputado disse que vai acionar o Ministério Público para que apure em toda sua extensão esses indícios de fraudes e ilícitos. “Vamos acionar o guardião da lei para conhecermos quem está comandando essas tentativas de intimidação e cobrar punição aos culpados”, arrematou.

Assessoria

Será que a ORCRIM girassol também está grampeando o presidente da Assembleia Legislativa?

O presidente Adriano Galdino precisa solicitar uma varredura da Polícia Federal em seu gabinete, como fez em 2011, o ex-presidente Ricardo Marcelo:

Galdino contrariou recentemente Ricardo Coutinho, o governador de fato, que trabalhou para eleger Hervázio Bezerra no segundo biênio.

Apesar de ser um girassol, Galdino nunca contou com a confiança irrestrita dentro da cúpula e pode estar sendo vítima da tradicional arapongagem dos socialistas.

Cautela e canja de galinha não faz mal a ninguém…

VÍDEO: Deputados do PSB e críticos da Operação Calvário armam barraco na Assembleia

Os deputados governistas e críticos da Operação Calvário, entre eles Ricardo Barbosa e Cida Ramos, não querem que a Assembleia Legislativa aprofunde o debate sobre a corrupção na Cruz Vermelha e a Operação Calvário.

Fora dos microfones e dentro do plenário, os ânimos ficaram acirrados entre Cida e Raniery, quando houve uma crítica ao ex-governador Ricardo Coutinho. Um bate boca foi iniciado e a deputada Pollyana encerrou a sessão alertando para um possível decoro parlamentar.

Cida disse que Raniery Paulino chamou o ex-governador Ricardo Coutinho de ladrão, e isso seria uma calúnia.

Raniery disse que a sessão foi encerrado porque os deputados da oposição começaram a debater o escândalo da Cruz Vermelha, principalmente quando o parlamentar propôs requerimento convidando o conselheiro do TCE, Nominando Diniz, a expor o voto dele no julgamento das contas da Cruz Vermelha.

Por que os deputados Ricardo Barbosa e Cida Ramos andam tão exaltados nas últimas semanas?

Polítika com informações do Portal do Litoral

MANOBRA: Estela Bezerra e Cida Ramos inventam CPI’s desnecessárias e sepultam investigação sobre a Cruz Vermelha na ALPB

O Ministério Público e o GAECO precisam prestar mais atenção na movimentação das deputadas estaduais Estela Bezerra e Cida Ramos. Ambas manobraram para sepultar a CPI da Cruz Vermelha. Elas tem medo de quê?

Como se sabe, a ex-chefe de gabinete de Estela é presidente da Cruz Vermelha na Paraíba.

Ou seja, tem gente como medo das investigações…

Estela e Cida protocolaram três pedidos de CPI’s desnecessárias e sem o menor fundamento. E como a Assembleia não pode ter mais de três comissões ao mesmo tempo, a CPI da Cruz Vermelha está sepultada.

As deputadas manobraram e usaram o regimento da Casa para impedir que parlamentares investiguem o maior esquema de corrupção da história da Paraíba, envolvendo bilhões de reais.

Mas passaram recibo. E prego que se destaca sempre leva martelada…

Cabe à oposição apelar ao judiciário para inibir uma manobra tão descarada.

Elas tem medo de quê?

PRESIDÊNCIA DA ALPB: Histórico de bajulador foi crucial para a derrota de Hervázio Bezerra

Bajulador oficial do ex-governador Ricardo Coutinho, o deputado Hervázio Bezerra foi derrotado pelo seu próprio perfil. Hervázio representava uma Assembleia Legislativa submissa ao governo do estado, coisa que alguns deputados da base não concordam.

A defesa apaixonada que Hervázio fazia do governo Ricardo Coutinho também contribuiu para a sua rejeição, principalmente na oposição, onde o parlamentar comprou muitas brigas desnecessárias.

Desrespeitando as ordens de Ricardo Coutinho, Adriano Galdino e Tião souberam tirar proveito da situação.

 

 

SEM AUTONOMIA: Eleição para a presidência da Assembleia foi negociada no gabinete de João Azevedo

Em seu Art 2° a Constituição Federal garante a tripartição dos poderes ao prever que são poderes da União, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo, o Executivo e o Judiciário.

Mas na Paraíba a coisa é diferente. Aqui quem escolhe o presidente da Assembleia é o governador de plantão, que já decidiu pelos nomes de Adriano Galdino e Hervázio Bezerra.

Vai faltar autonomia e independência. Mas vai sobrar harmonia para o PSB.